O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) divulgou uma previsão sobre o tempo necessário para consertar a BR-470 no trecho onde se abriu uma cratera em Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí. Segundo o órgão, serão pelo menos sete dias com as duas pistas totalmente bloqueadas para que as equipes possam colocar um novo aterro e, depois, a camada asfáltica.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

As pistas cederam de um lado a outro, como mostram as imagens, por causa da chuva registrada na madrugada desta quarta-feira (14). O DNIT disse que será necessário reaterrar com rochas o local, para restabelecer a rodovia. No decorrer dos próximos dias, os veículos leves, como carros e motos, poderão passar por dentro do perímetro urbano de Rio do Sul.

Caminhões devem usar como rota alternativa a BR-282. A prefeitura informou que a partir das 13h vai emitir um decreto proibindo a passagem de veículos acima de 40 toneladas em vias municipais. Guardas, inclusive os que estavam de folga, foram mobilizados para orientar o trânsito na cidade.

Continua depois da publicidade

A Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí informou ter colocado à disposição do DNIT as estruturas das prefeituras para agilizar o serviço de recuperação da estrada.

Rotas alternativas

  • No sentido Oeste para o Blumenau, entrada trevo de Laurentino, no sentido bairro Barra do Trombudo, em Rio do Sul. Não recomendado para veículos pesados. Para o sentido Blumenau/Oeste, uso no sentido contrário.
  • Entrada no trevo de Laurentino, no sentido Laurentino, passando pela Serra Tomio em direção a Rio do Sul, saindo nas imediações do trevo do Fundo Canoas/Progresso. Não recomendada para veículos pesados.
  • Trânsito de caminhões pesados devem dar preferência por utilizar a BR-282

Leia também

SC enfrenta alta demanda de atendimentos nos hospitais; Norte e Vale têm casos de lotação

Cratera ameaça se abrir na BR-470 em Ascurra; veja vídeo

Destaques do NSC Total