O mercado de energia solar continua aquecido no Brasil: ao longo do mês de julho de 2022 foram registrados onze recordes de geração de energia solar no país. Segundo dados do Sistema Interligado Nacional, no dia 28 de julho foram gerados em média 1.495 MW, representando 2,1% da demanda de todo o sistema.

Continua depois da publicidade

> Intelbras se prepara para entrar no mercado de mobilidade elétrica com carregadores para veículos elétricos

E a expectativa é de que essa migração para a energia solar continue, principalmente por conta dos constantes aumentos na conta de luz do sistema convencional. Recentemente, a Aneel reajustou em até 64% o valor da cobrança extra caso haja mudança na bandeira tarifária. Essa mudança vem pouco depois de um reajuste médio de 12,04% para 24 cidades no estado de São Paulo – ou seja, o sistema elétrico atual está limitado e quem paga a conta é o cliente. Diante desse cenário, a energia solar se posiciona como a principal alternativa disponível para os consumidores.

Entre os benefícios dessa matriz energética, além de o usuário não ser mais impactado por períodos chuvosos, estão o baixo custo de manutenção e o retorno financeiro proporcionado pela implementação do sistema. Somado a isso, ao gerar a própria energia de forma sustentável, contribui-se para a preservação do meio ambiente.

Com o crescimento e o desenvolvimento do setor, é natural que haja dois grandes movimentos: um de investimento de empresas interessadas em fazer parte dessa transição e outro do próprio mercado de trabalho, com profissionais visualizando oportunidades na área. Segundo a Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), desde 2012 o uso da fonte solar já trouxe mais de R$ 86,2 bilhões em investimentos para o país e gerou mais de 479,8 mil empregos – sendo que em 2021 houve recorde de abertura de vagas, com 153 mil postos.

Continua depois da publicidade

Capacitação é fundamental

A grande procura por profissionais qualificados traz muitos desafios àqueles que estão entrando no mercado. Por ser uma tecnologia ainda em expansão, é importante que haja capacitação dos trabalhadores para atender à solicitação cada vez maior da população e das empresas.

Nesse sentido, o profissional interessado em aprender sobre energia solar precisa compreender o tema do básico ao avançado, ou seja, entender as diferenças entre o sistema on grid e o off grid, as funcionalidades dos equipamentos que os compõem, como placas fotovoltaicas, inversores, controladores de carga e outros, para que seja possível desenvolver projetos adaptados para cada situação. Uma das possibilidades para adquirir conhecimento são os cursos que as empresas atuantes no setor promovem. Um dos exemplos é a Intelbras Itec, academia do conhecimento da Intelbras, que desenvolve programas de educação e incentivo ao empreendedorismo para qualificação profissional. Nos conteúdos e trilhas disponíveis, o profissional pode tanto escolher uma área específica para seguir como ir pulverizando seu conhecimento para atuar com as mais diversas soluções tecnológicas produzidas pela empresa.

A Intelbras Itec oferece no momento 38 cursos ligados à energia solar, nas modalidades portfólio, técnico e certificação. Esse último é fundamental para que o profissional possa trabalhar com produtos e serviços da Intelbras. Ademais, também

são disponibilizados cursos de gestão de negócios voltados a promover as soft skills da pessoa, bem como aguçar a mente empreendedora. Nessa categoria é possível encontrar cursos sobre como conquistar e encantar o cliente, desenvolver pilares estratégicos para a empresa, aplicar estratégias de marketing, entre outros.

Continua depois da publicidade

Com todas essas notícias, fica evidente que o crescimento apresentado pelo mercado de energia solar nesses últimos anos vem sendo acompanhado de oportunidades de emprego e da capacitação de interessados. Assim, o profissional que seguir se especializando terá mais chances de se destacar quando o setor alcançar sua maturidade.

Texto por Mônica Nedel, gerente de treinamentos da Intelbras.

Acesse o site da Intelbras e conheça os cursos disponibilizados.

Confira conteúdos sobre tecnologia e inovação no canal “Dia a dia com Intelbras”.

Leia também

Quer viajar, mas não tem data definida? Saiba como economizar com pesquisa de datas flexíveis

Imóveis residenciais que proporcionam qualidade de vida são o foco dos futuros compradores

Sonolência é a causa de mais de 40% dos acidentes nas estradas do país

Destaques do NSC Total