nsc
dc

Coronavírus

Brasil vai enfrentar cenário crítico da pandemia de Covid-19 em abril, prevê Fiocruz

Alta em internações e alta transmissão entre os mais jovens motivam alerta da Fundação Oswaldo Cruz

10/04/2021 - 11h05

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Média móvel de mortes está próximo de chegar a 3 mil no Brasil.
Média móvel de mortes está próximo de chegar a 3 mil no Brasil.
(Foto: )

Com 31.506 óbitos por Covid-19 registrados no Brasil até agora, o país vive o pior momento da pandemia. De acordo com o mais recente Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz, a comparação entre a Semana Epidemiológica 1 (3 a 9 de janeiro de 2021) e a número 12 (21 a 27 de março) sinalizou um aumento global da doença de 701,58%.

A condição para as últimas semanas de abril é considerada "crítica".

> Veja o Mapa do Coronavírus em Santa Catarina

> Como está a vacinação contra a Covid-19 em SC? Clique aqui e veja o Monitor da NSC

A situação tende a se agravar ainda mais, especialmente entre os mais jovens. Segundo a estimativa da Fundação Oswaldo Cruz, os casos de Covid-19 aumentaram 1.218,33% na faixa etária de 30 a 39 anos, 1.217,95% entre pessoas com 40 a 49 anos e 1.144,94% para indivíduos de 50 a 59 anos.

A comparação mostrou um crescimento global de 468,57% com relação aos óbitos causados pela doença. As faixas que mantiveram crescimento superior ao global foram 20 a 29 anos (872,73%); 30 a 39 (813,95%); 40 a 49 (880,72%); 50 a 59 (877,46%); e 60 a 69 anos (566,46%).

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Por Gláucia Chaves

Colunistas