Brusque e Criciúma decidem o título do Campeonato Catarinense de 2023 neste sábado (8), às 16h30min, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque. O duelo tem todos os ingredientes para ser um grande jogo. E você confere todos os detalhes na tela da NSC TV e em todas as plataformas da NSC.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Para marcar a decisão, preparamos um raio-X dos finalistas. Confira a seguir:

Brusque

O Brusque chega à final do Campeonato Catarinense pela terceira vez em quatro anos e busca neste sábado, dia 8, levantar o troféu de campeão pela terceira vez na história. Campeão em 2022, o time fez uma campanha bastante consistente na competição. Foi a única equipe que terminou a primeira fase sem derrotas e conseguiu manter o feito até o primeiro jogo da final.

Entre os jogadores que levantaram a taça no ano passado, dez continuam no grupo Quadricolor em busca do tricampeonato. São eles: Ruan Carneiro, Toty, Éverton Alemão, Ianson, Wallace, Airton, Alex Ruan, Diego Mathias, Rodolfo Potiguar e Pedoca.

Continua depois da publicidade

O trajeto do Brusque até a final passou pela invencibilidade nos 11 jogos da primeira fase. Na etapa eliminatória, o Quadricolor eliminou o Concórdia nas quartas de final, com um empate e uma vitória e, na semifinal, o time deixou para trás o Barra, com duas vitórias. No primeiro jogo da final, o time de Luizinho Lopes perdeu a partida para o Criciúma, por 1 a 0.

A campanha:

  • 16 jogos
  • 7 vitórias
  • 8 empates
  • 1 derrota
  • 18 gols marcados
  • 9 gols sofridos
  • 47 cartões amarelos
  • 3 cartões vermelhos

Artilheiros:

  • Everton Bala, com 4 gols
  • Guilherme Queiróz, com 4 gols
  • Olávio, com 4 gols
final-catarinense-2023-guilherme-queiroz-artilheiro-brusque
Com quatro gols, Guilherme Queiros é um dos artilheiros do Brusque no Estadual (Foto: Lucas Gabriel Cardoso, BFC, Divulgação)

Técnico:

  • Luizinho Lopes

Anunciado em novembro de 2022 como substituto de Gilson Kleina, Luizinho Lopes tem contrato firmado com o Brusque até o fim da Série C do Brasileiro deste ano. Ele foi apresentado no dia 30 de novembro e fez a estreia no comando do time já em um jogo de final. Foi em janeiro deste ano, quando o Brusque enfrentou o Marcílio Dias pela decisão da Recopa Catarinense e conquistou o título após vencer por 1 a 0, com gol de Alex Ruan.

Continua depois da publicidade

final-catarinense-2023-luizinho-lopes-tecnico-brusque
Luizinho Lopes, técnico do Brusque (Foto: Lara Vantzen, BFC, Divulgação)

Sob o comando de Luizinho Lopes, o Brusque encerrou a primeira fase do Campeonato Catarinense invicto. A primeira derrota do Quadricolor na competição ocorreu no primeiro jogo da final, contra o Criciúma.

Decisão do Catarinense: Brusque fará homenagem às vítimas de tragédia em creche

Criciúma

Após 10 anos e uma passagem pela Série B do Estadual (com direito a conquista do título), o Criciúma voltou para uma final da elite do Campeonato Catarinense. As primeiras rodadas foram irregulares, mas com as chegadas de Fabinho e Éder o time reagiu. A consolidação da arrancada do Tigre aconteceu na 8ª rodada da fase inicial, com a vitória em 3 a 0 contra o Camboriú, com três gols de Fabinho.

Assim, a reta final da 1ª fase do Carvoeiro teve duas vitórias e um empate. No caminho até a final, o Criciúma passou pelo Avaí nas quartas com dois empates sem gols e o avanço após as penalidades (14 a 13). Na semifinal, Tigre e Hercílio Luz fizeram um duelo franco, com uma vitória de cada lado (2 a 0 e 2 a 1), mas o Criciúma passou pelo saldo de gols.

Largou em vantagem na decisão, com a vitória por 1 a 0 no jogo de ida, no Estádio Heriberto Hülse.

A campanha:

  • 16 jogos
  • 6 vitórias
  • 8 empates
  • 2 derrotas
  • 16 gols marcados
  • 8 gols sofridos
  • 42 cartões amarelos
  • 2 cartões vermelhos

Continua depois da publicidade

Artilheiro:

  • Fabinho, com cinco gols
final-catarinense-2023-fabinho-artilheiro-criciuma
Autor de cinco gols, Fabinho é o artilheiro do Tigre no Campeonato Catarinense (Foto: Celso da Luz, CEC, Divulgação)

Técnico:

  • Cláudio Tencati

Escolhido para substituir Paulo Baier, Cláudio Tencati foi apresentado no Criciúma no dia 7 de outubro de 2021 e a expectativa é que o comandante fique até, pelo menos, o final desta temporada. O técnico é o segundo mais longevo nesta edição do Estadual, ficando atrás apenas de Raul Cabral.

final-catarinense-2023-claudio-tencati-tecnico-criciuma
Cláudio Tencati, técnico do Criciúma (Foto: Celso da Luz, CEC, Divulgação)

Com Tencati no comando, o Tigre conquistou o acesso à Série B do Brasileiro, a permanência na segundona nacional e o título da Série B do Estadual. Ao renovar com o Criciúma em novembro do ano passado, Cláudio Tencati prometeu mais conquistas para 2023 e o clube está bem próximo de alcançar o maior título sob o comando do profissional.

Argentina volta a liderar ranking da Fifa após seis anos, e Brasil cai para 3º

O que cada time precisa para ser campeão:

Brusque

  • Vitória: o Quadricolor do Vale precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para conquistar o terceiro título do Estadual. O time conseguiu esse placar pelo menos três vezes ao longo da competição, todas as vezes no Estádio Augusto Bauer: venceu o Barra na estreia por 2 a 0, bateu o Concórdia por 2 a 0 no 2º jogo das quartas de final e superou o Barra por 3 a 1 no 2º jogo das semifinais.

Continua depois da publicidade

Criciúma

  • Empate: por ter vencido o jogo de ida, o Tigre fatura a taça pela 11ª vez se o jogo terminar com a igualdade no placar. O Criciúma garantiu o empate em oito partidas no decorrer da competição, cinco deles fora de casa. Entre eles, está o empate em 1 a 1 com o Brusque, pela 5ª rodada, no Estádio Augusto Bauer.
  • Vitória: em caso de vitória por qualquer placar, o clube do Sul do Estado fica com a taça. Das seis vitórias na competição, duas delas foram longe de casa.

Decisão nos pênaltis

  • Caso o Brusque vença a partida deste sábado por um gol de diferença, o campeão do Catarinense 2013 será definido na cobrança de pênaltis.

Grupo faz carreata em homenagem às vítimas do ataque a creche em Blumenau

Minuto de silêncio

Antes de a bola começar a rolar no Estádio Augusto Bauer, a partida terá um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do ataque no CEI Cantinho Bom Pastor, em Blumenau. Em nota, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) afirma que “se solidariza com as vítimas, famílias e amigos, e deseja força nesse momento tão difícil”.

Jorginho promete ajudar Blumenau a comprar o Sesi, mas cutuca: “Gastaram o dinheiro”

Retrospecto do confronto entre as equipes

Números gerais:

  • 66 jogos
  • 30 vitórias do Criciúma
  • 18 empates
  • 18 vitórias do Brusque

Na elite do Catarinense:

  • 53 jogos
  • 26 vitórias do Criciúma
  • 14 empates
  • 13 vitórias do Brusque

Conheça os mascotes do Campeonato Catarinense:

Leia também:

Em jogo equilibrado, Blumenau é superado pelo Mesquita na Liga de Basquete Feminino

Continua depois da publicidade

Jaraguá Futsal não poderá usar Arena em abril e planeja jogar em Blumenau

Brasileiro ataca surfista australiana com socos após disputa por onda em Bali

Destaques do NSC Total