nsc
    dc

    Tecnologia

    Cápsulas tecnológicas levam o atendimento médico até as empresas; veja como funciona

    Na cabine, há uma máquina por comando de voz chamada Safety, que faz aferições e dá início a uma teleconsulta médica

    04/04/2021 - 08h00

    Compartilhe

    Por Fabrício Vitorino
    cabine-doctor-u-telemedicina
    Inicialmente, a solução estará disponível nas empresas Portobello e Intelbras, na Grande Florianópolis
    (Foto: )

    Foi-se o tempo que os colaboradores precisavam ir até uma unidade de pronto-atendimento. A Unimed Grande Florianópolis adotou uma solução inovadora: as cápsulas Doctor-U, que fazem a consulta em um ambiente controlado, seguro e altamente tecnológico. Inicialmente, a solução estará disponível nas empresas Portobello e Intelbras - onde muitos dos funcionários não podem fazer home office.

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    Mas, como funcionam as cabines de teleatendimento?

    É simples: a pessoa entra na cabine e digita o CPF em um tablet para iniciar o processo interativo em máquinas de aferição e medição. O autoatendimento ocorre de forma individual, ou seja, um paciente por vez. Dentro da cabine, há uma máquina por comando de voz chamada Safety, parceria com a empresa TeleWorld.

    Por comando de voz, são feitas aferições de temperatura, altura, peso, Índice de Massa Corporal (IMC), pressão arterial, frequência cardíaca e percentual de gordura. Feitas as aferições, começa uma teleconsulta médica.

    > Monitor da Vacina: veja o avanço da vacinação no Estado

    Todas essas informações geram um relatório que se integra ao prontuário do paciente e serve como base para o médico prosseguir com o passo seguinte do atendimento do cliente, que é a teleconsulta. Para o beneficiário, a consulta on-line ocorre dentro da própria cápsula, enquanto o médico encontra-se em seu consultório, conectados via telemedicina. Caso o profissional de saúde identifique a necessidade de consulta presencial, o mesmo é providenciado pela Unimed e empresa parceira.

    > Auxílio emergencial: consulta mostra quem tem direito ao benefício em 2021

    A aplicação instalada no tablet conta com a segurança proporcionada pela empresa canadense Scalefusion, a qual garante que o aparelho permaneça programado unicamente para as funções do Doctor-U.

    A solução também conta com o diferencial de utilização remota, assim, um técnico pode auxiliar um cliente durante a utilização, por meio de uma chamada de voz ou, até mesmo, utilizando o sistema na prática, sem precisar estar fisicamente no local.

    Em breve, a Unimed Grande Florianópolis planeja levar as cápsulas para outras empresas da região.

    Leia também:

    > Em quase um mês, SC reduz em 33% o total de casos ativos de Covid-19

    > Coronavírus: Santa Catarina supera a marca de 11 mil mortes

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas