nsc
    dc

    IBGE

    Casamentos homoafetivos crescem 22% em Santa Catarina

    Pesquisa mostra que, enquanto o número total de uniões caiu mais que o dobro do país em SC, os casamentos entre pessoas do mesmo sexo aumentaram no último ano

    04/12/2019 - 12h54

    Compartilhe

    Lucas
    Por Lucas Paraizo
    LGBTI
    (Foto: )

    Puxado por um crescimento acima do normal nos últimos meses do ano, o número de casamentos homoafetivos teve um salto de 22,6% em Santa Catarina em 2018. Conforme dados divulgados nesta quarta-feira (04) pelo IBGE, 429 uniões entre pessoas do mesmo sexo foram registradas no Estado no ano passado.

    O crescimento nos casamentos homoafetivos no Brasil foi ainda maior: 61,4%. Foram 9,5 mil uniões registradas segundo o IBGE, enquanto os números gerais de casamentos no país estão caindo desde 2015. No ano passado houve o registro de 1,05 milhão de casamentos no Brasil, número 1,6% menor em relação a 2017. Em Santa Catarina a queda foi maior ainda, de 3,8%, com um número total de 32,8 mil casamentos.

    O IBGE aponta também que homens e mulheres estão casando mais tarde no Brasil. A idade média dos homens ao casar é de 30,8 anos, enquanto a das mulheres é de 28,2 anos. Nos casamentos entre pessoas do mesmo sexo a idade é ainda maior: 34,3 anos para os homens e 32,7 para as mulheres.

    O salto no número de casamentos homoafetivos já estava sendo analisado no Brasil desde o começo do ano, com números dobrando em vários cartórios do país. Especialistas chegaram a apontar como razão alguns alertas e receios sinalizados após a eleição do presidente Jair Bolsonaro, com risco de medidas contra novas uniões entre pessoas do mesmo sexo. Ao longo do primeiro ano do mandato, no entanto, nada foi feito em relação a esse tipo de união no governo federal.

    Segundo dados da Associação de Registradores de Pessoas Naturais (Arpen), em 2018 o maior crescimento de casamentos homoafetivos foi em Joinville: 89% a mais do que 2017.

    Casamentos estão durando menos

    Para cada três novos casamentos registrados no Brasil, há um novo divórcio. Segundo o levantamento do IBGE, em 2018 foram 385 mil separações no país. A média em Santa Catarina é de 2,5 por mil habitantes, parecida com a nacional (2,6).

    O tempo entre o casamento e o divórcio também está diminuindo. Conforme a pesquisa, os casamentos brasileiros atualmente duram em média 14 anos, enquanto 10 anos atrás costumavam durar 17 anos. Na hora da separação, em média os homens têm 43 anos e as mulheres 40.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas