nsc
nsc

Investe mais

Cashback em fundos de investimentos: Entenda os benefícios de não pagar pelo comissionamento da corretora

Saber como economizar o dinheiro até na hora de investir pode trazer resultados grandiosos para o futuro

02/02/2021 - 14h11 - Atualizada em: 03/02/2021 - 11h56

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Cashback em fundos de investimentos pode trazer inúmeros benefícios
Cashback em fundos de investimentos gera benefícios e menos custos com taxas
(Foto: )

Um bom investidor tem consciência que o saber como aplicar dinheiro é tão importante quanto saber como ganhá-lo. Na hora de investir, cada real conta e quanto menos o investidor gasta com taxas de administração e performance, melhor. Por isso, o cashback em fundos de investimentos pode ser uma boa opção, já que o investidor pode contar com a expertise de ter um gestor fazendo as escolhas dos melhores ativos sem pagar mais por isso.

>> 10 respostas para as dúvidas que todo investidor iniciante tem

O cashback em um fundo de investimento consiste em receber de volta parte dos gastos que o investidor teve ao aplicar seu dinheiro no fundo.

— Esse retorno não está relacionado ao rendimento proporcionado e, sim, às taxas cobradas na operação, como taxa de administração e performance. Uma corretora que oferece cashback, como a Warren, abre mão da sua taxa de rebate, mais conhecida como comissão, e devolve tudo para o cliente — explica a sócia e especialista de investimentos da Warren, Karin R. Krenkel.

O que é um fundo de investimento?

Um fundo de investimento é uma aplicação financeira na qual diversos investidores - chamados de cotistas - podem fazer os seus aportes, para que os gestores do fundo direcionem o dinheiro para diferentes tipos de ativos, de acordo com a estratégia de cada fundo e também com o tipo do fundo de investimento. A grande maioria dos fundos de investimentos do mercado cobra taxa de administração e, até mesmo, taxa de performance.

As vantagens desses fundos consistem na comodidade e na facilidade proporcionada ao investidor, que não precisa ficar acompanhando constantemente as movimentações da bolsa.

Neste tipo de investimento, o investidor adquire cotas do fundo escolhido e, a partir daí, confia a um profissional especializado a responsabilidade de alocação dos recursos dependendo da estratégia daquele fundo. Ou seja, não é preciso se preocupar com a escolha dos papéis, não requer acompanhamento constante e nem um conhecimento específico no mercado financeiro.

Dessa forma, ser cotista em um fundo de investimentos permite que o investidor possa diversificar de forma ampla sua carteira, proporcionando maior potencial de retorno quando comparado a outros tipos de investimentos.

De onde vem o cashback?

O cashback em um fundo de investimento é quando o investidor recebe de volta parte dos gastos com taxas que teve ao aplicar o seu dinheiro em fundos de investimento. É comum que o investidor pague uma taxa pela gestão ativa de sua carteira, que vai depender do volume de recursos aportados, sendo a média da taxa de gestão de 0,7% ao ano para valores até R$ 100 mil; a taxa é de 0,6% ao ano para valores entre R$ 100 mil até R$1 milhão; e taxa de 0,5% ao ano para valores superiores a R$ 1 milhão. O cashback é quando esse dinheiro gasto com taxas é devolvido para o investidor.

Benefícios de não pagar taxas de administração nos fundos de investimentos

Segundo Karin, não pagar essas taxas pode trazer mais rentabilidade para os investimentos.

— No mundo das finanças, saber como economizar dinheiro até na hora de investir pode trazer resultados mais grandiosos no futuro, afinal de contas, nessa situação, estamos fazendo os juros compostos trabalharem a nosso favor com um montante maior — explica.

Com o valor do cashback retornado, o valor que o rendimento incidirá será maior, e, por consequência, também vai render mais. 

— Sem dúvidas, em longo prazo, os efeitos do cashback têm grandes impactos nos rendimentos — garante Karin.

Warren atua com transparência e sem conflitos de interesse

Na Warren, todos os fundos de terceiros disponíveis na plataforma possuem cashback.

Já os fundos próprios da corretora, que atualmente são 9, não têm taxa de administração nem de performance. O custo com esses fundos é somente uma taxa que varia entre 0,5% e 0,7% ao ano pela gestão, o que também dá acesso ao trabalho de montagem de carteiras e gestão ativa, para o rebalanceamento sempre que for feito aportes.

Isso acontece porque a missão da Warren é justamente atuar com transparência e livre de qualquer conflito de interesses. 

— O cashback é possível porque, desde sua concepção, a Warren é uma corretora e gestora fee based, colocando a transparência e o alinhamento com os seus objetivos em primeiro lugar, longe de qualquer tipo de conflito de interesses — finaliza Karin.

A educação financeira é um processo cada vez mais importante para a gestão pessoal e organização. Além disso, o retorno pode ser ainda maior contando com uma empresa qualificada e de credibilidade, como é o caso da Warren. 

Conheça mais sobre as práticas da empresa e avalie a abertura de uma conta junto a corretora digital, aliando praticidade, segurança e inovação.

E para saber mais sobre o mercado de investimentos, acompanhe o canal Investe Mais.

Colunistas