nsc
    dc

    Arremesso de peso

    Catarinense Darlan Romani chega perto do pódio, mas acaba em 4º no Mundial de Atletismo

    Darlan chegou a arremessar 22,53m na final neste sábado (5), em Doha, no Catar, porém acabou ultrapassado na última rodada da disputa

    05/10/2019 - 16h28 - Atualizada em: 05/10/2019 - 16h31

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação DC
    mundial de atletismo
    Catarinense garantia medalha de bronze até a penúltima rodada, mas americano Joe Kovacs arremessou 22,91m e o tirou do pódio
    (Foto: )

    Darlan Romani chegou perto de conquistar uma medalha na final do arremesso de peso no Mundial de Atletismo, realizado em Doha, no Catar, neste sábado (5), mas uma jogada na última rodada acabou tirando o catarinense do pódio.

    Após arremessos de 21,61m, 22,53m e 22,13m, Darlan garantia temporariamente a medalha de bronze, até que o americano Joe Kovacs surpreendeu com 22,91m, alcançou a liderança e jogou Darlan para o quarto lugar. Kovacs ficou com o título, seguido pelo compatriota Ryan Crouser e do neozelandês Tomas Walsh.

    — Incrível o que aconteceu hoje, três 22,90m, não sei... Difícil falar, mas estamos aí, a batalha continua. A gente tem que batalhar mais ainda para atingir as metas. Eu estava tranquilo, o que a gente tinha planificado para o ano era arremessar acima dos 22,50m. Foi certinho, nossa periodização deu certo. A batalha continua, vamos em frente — declarou Darlan após a final.

    Nascido em Concórdia, Darlan Romani, de 28 anos, chegou ao campeonato credenciado pelo ótimo ano, após conseguir a 10ª melhor marca do mundo em Eugene (EUA), com 22,61 metros, no mês de julho. Mesmo com problemas de saúde, o atual número 2 do ranking mundial na prova conquistou o ouro no arremesso de peso nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em agosto.

    A presença do concordiense na final foi confirmada já na sua primeira tentativa nas eliminatórias de quinta-feira, quando obteve 21,69m – o mínimo para avançar era 20,90m. Foi a segunda maior distância alcançada, apenas atrás do neozelandês Tomas Walsh, com 21,92m.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas