nsc
    dc

    Polêmica

    Catarinense é confundida com mulher que fez denúncia de estupro contra Neymar

    Jovem tem sido vítima de xingamentos e de perfis falsos que estão associando ela à imagem da mulher que denunciou o jogador

    05/06/2019 - 18h44 - Atualizada em: 06/06/2019 - 05h48

    Compartilhe

    Por Samuel Nunes
    Jovem foi vítima de insultos, mesmo depois de postar mensagem afirmando que não tinha nada a ver com a situação
    Jovem foi vítima de insultos, mesmo depois de postar mensagem afirmando que não tinha nada a ver com a situação
    (Foto: )

    Uma jovem catarinense, moradora de São José, está buscando ajuda na Justiça para que sites de internet tentem desvincular fotos dela ao caso da denúncia de estupro envolvendo o jogador Neymar Jr. De acordo com ela, a confusão começou por ela ter o nome parecido com o da suposta vítima de agressão.

    Apenas uma letra diferencia os nomes das duas. Por se tratar de um caso de suposta violência sexual, conforme preconiza o Manual NSC de Jornalismo, as identidades delas serão preservadas.

    O advogado Marcus Vinícius Stopassoli, que representa a jovem catarinense, disse que a cliente tem sido vítima de várias ofensas, desde que a situação envolvendo o jogador começou. Além disso, sites de fofocas teriam associado as fotografias dela às da mulher que denunciou Neymar à polícia.

    — A vida dela virou um inferno. Com um nome parecido, foi pego fotografia dela, da família, do marido, da mãe, do filho e começaram a colocar em sites pornôs, vinculando ela com o caso do jogador de futebol — diz Stopassoli.

    A jovem chegou a fazer uma postagem em uma rede social, tentando explicar o equívoco. No entanto, nem isso foi suficiente para reduzir os insultos.

    Em um vídeo enviado pelo advogado, a catarinense relatou o drama.

    — As pessoas continuam falando mal, como se eu fosse uma prostituta, como se eu quisesse usar do que está acontecendo a meu favor. Estão expondo coisas minhas, coisas que não sou eu. Eu já não sei mais o que fazer.

    Stopassoli informou que deverá ingressar com um pedido de liminar na Justiça, para que as fotos da catarinense sejam retiradas dos sites. Além disso, ele diz que deverá pedir indenização pelos transtornos causados por sites noticiosos que associaram a imagem das duas erroneamente.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas