Highliner, recordista mundial e protagonista em um filme. A incrível travessia de Rafael Bridi entre dois balões de ar realizada em Praia Grande, Sul de Santa Catarina virou um curta-metragem e está concorrendo ao maior prêmio de filmes de montanhismo e esportes radicais do mundo, o Banff Mountain Film Festival.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

O filme Walking on Clouds foi inspirado no sonho do catarinense em “caminhar nas nuvens”. O feito nos cânions da Serra de Santa Catarina lhe rendeu a conquista do recorde de highline mais alto do mundo pelo Guinness Book, batendo os 1.901 metros de altura.

“Por que eu quis realizar tanto esse projeto? Não é o recorde, é pela sensação mais próxima de estar flutuando, de estar em movimento com a corrente do ar, com a liberdade das ancoragens, indo para um lado, para o outro. Esporte é poesia e arte, juntar o esporte com a arte é uma experiência maravilhosa que estou vivendo. Se equilibrar, é uma bela metáfora do viver, alcançar objetivos e concretizar sonhos”, afirma Rafael Bridi.

Veja imagens da travessia do catarinense

O audiovisual de 7 minutos tem direção do brasileiro Renan Kamizi, que, ao lado de João Juchem, Kamizi, também foi responsável também por todo o processo de edição, color grading e mixagem de som.

Continua depois da publicidade

A mostra dos curtas ocorre de 29 de outubro a 6 de novembro em Alberta, no Canadá.  Integrando a categoria Radical Reels, a produção terá transmissão online pelo site watch.banffcentre.ca/filmfest entre os dias 1º e 6 de novembro.

Confira o trailer:

Destaques do NSC Total