nsc
dc

Segurança

Cerca de 80 pessoas são presas durante Operação Impunidade Zero em SC

Ação da Polícia Civil identificou pessoas que tinham alguma pendência com a Justiça em quatro cidades do Estado

09/03/2018 - 15h59

Compartilhe

Por Redação NSC

Ao todo 84 pessoas foram presas pela Polícia Civil nesta sexta-feira, durante a Operação Impunidade Zero, que identificou pessoas que tinham alguma pendência com a Justiça em ao menos quatro cidades de Santa Catarina, entre elas Tubarão, Balneário Camboriú, Brusque e Jaraguá do Sul. O maior número de prisões ocorreu em Tubarão, onde 35 pessoas foram detidas.

Só na 5ª Delegacia Regional de Polícia de Tubarão foram 29 prisões definitivas, seis preventivas, duas prisões por conta da falta de pagamento de pensão alimentícia e outras duas por motivo de descumprimento das condições referentes à suspensão condicional da pena. De acordo com a delegada Vivian Garcia Selig, nove indivíduos foram conduzidos ao Presídio de Tubarão para cumprimento da pena em regime fechado, quatro para cumprimento em regime semiaberto e outros dois para regime aberto. Outros 18 infratores já estavam detidos.

Já em Balneário Camboriú foram efetuadas 32 prisões. Conforme o delegado regional, David Tarcisio Queiroz de Souza, os mandados eram referente a "diversos crimes". Ainda segundo Queiroz, 40 policiais civis participaram da operação nesta sexta-feira. Em Brusque foram registradas 13 prisões. Ao todo, 12 policiais atuaram na ação no município localizado no Vale do Itajaí.

Por fim, em Jaraguá do Sul, a Delegacia Regional encerrou a operação com quatro prisões, cumprindo três mandados de busca. Duas pessoas foram detidas por uso de entorpecente e outros três adolescentes foram apreendidos. De acordo com o delegado regional Adriano Spolaor, foram mobilizados cerca de 22 policiais da DIC, DFR e DP de Guaramirim.

Colunistas