nsc
    dc

    publicidade

    Economia

    Cesta básica tem redução de 7,9% em Chapecó

    Produtos in natura como batata, tomate e laranja contribuíram para a queda

    13/08/2019 - 15h30

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Cesta básica de Chapecó caiu 7,9%
    Tomate, que é um dos produtos com maior oscilação, teve redução de 18,55% em agosto
    (Foto: )

    A Cesta Básica de Chapecó teve uma redução de 7,9% em agosto, passando de R$ 346 em julho para os atuais R$ 319,05, segundo levantamento realizado pelo curso de Ciências Econômicas da Unochapecó em parceria com o Sindicato do Comércio da Região (Sicom).

    Já no Cesto Básico, que inclui 57 itens, a redução foi de apenas 2,15%, passando de R$ 1.381,03 em julho para R$ 1.351,34 em agosto.

    Os produtos que tiveram maior redução foram batata inglesa (- 22,49%), sabão em barras (-19,22%), tomate comum (-18,18%), laranja para suco (-18,18%), cera para assoalho (-17,56%), alface (15,24%), leite integral longa vida (-11%) e massa com ovos (-10,89%).

    De acordo com a professora da Unochapecó e coordenadora do projeto, Bruna Furlanetto, a queda nos produtos in natura tiveram um reflexo nacional segurando a inflação, que ficou em 0,19%.

    - Alguns produtos tiveram maior oferta e há também alguns, como no caso do leite, que teve uma redução de consumo por queda de poder aquisitivo – explicou a professora.

    Alguns produtos tiveram aumento significativo no mês de agosto, como a cebola (42,24%) e a banana (34,91%). Uma das preocupações é com o aumento da energia elétrica, que subiu 7,91%, além do impacto nas novas tarifas do ICMS de Santa Catarina. Alguns produtos, como gás, tiveram aumento de 12% para 17%.

    Deixe seu comentário:

    publicidade

    publicidade

    publicidade

    publicidade