nsc
    dc

    Abertura

    Chapecó anuncia abertura de parques e praças 

    Hospital Regional informou que  pode chegar a 71 leitos de UTI

    22/04/2020 - 10h56 - Atualizada em: 22/04/2020 - 14h55

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Praça Emílio Zandavalli, em Chapecó
    Praças que estavam fechadas há mais de um mês, foram liberada
    (Foto: )

    A Prefeitura de Chapecó anunciou nesta quarta-feira a abertura dos parques e praças municipais, que estavam fechadas desde o dia 19 de março.

    - Está liberado com os devidos cuidados. Não dá para levar a cuia de chimarrão nos parques para não gerar aglomerações. As Polícias Militar e Civil, Guarda Municipal e vigilância vão fiscalizar isso – disse o prefeito, Luciano Buligon.

    O Ecoparque, por exemplo, estará aberto das 7h às 20h. Não estão liberados campeonatos esportivos.

    O prefeito chegou a falar na coletiva que estaria liberado atividades esportivas mas, após análise mais detalhada do decreto estadual e consulta a Polícia Militar, foi constatado que atividade esportiva coletiva não está liberado.

    Conforme decreto estatual também voltam nesta quarta-feira os restaurantes, shoppings, galerias, centros comerciais e academias, desde que seja mantida distância. Academias devem ter no máximo 30% da ocupação. Nos shoppings a distância mínima é de 1,5 metro. O Shopping Pátio Chapecó informou que somente vai reabrir ao meio-dia de quinta-feira.

    O município também apresentou um vídeo sobre a estrutura de atendimento ao Coronavírus. Buligon destacou que o município estabeleceu uma estrutura de triagem presencial, que e o Ambulatório de Campanha na escola Marechal Bormann, que já atendeu 389 pessoas. Também criou em parceria com voluntários, Unochapecó e UFFS a Central de Triagem Médica, que já fez 1.460 consultas pelo telefone (49) 2049-6500.

    HRO pode chegar a 71 leitos de UTI para pacientes de coronavírus

    O Hospital Regional do Oeste implantou no terceiro andar do prédio antigo uma ala exclusiva para tratamento do coronavírus, com 42 leitos, sendo 11 de UTI.

    -É um local isolado onde só tem acesso os profissionais que tratam do coronavírus e tomam todos os cuidados com equipamentos de proteção e banho. Essa é a primeira etapa, que tem apenas 10% de ocupação. Já estamos implantando a segunda etapa e temos um planejamento para quatro etapas conforme a demanda – disse o diretor do HRO, Osmar Arcanjo de Oliveira.

    Chapecó tem seis casos confirmados. Mas há somente dois pacientes internados, de outros municípios.

    O HRO já recebeu do Governo do Estado equipamentos para 10 leitos de UTI e tem espaço para chegar até a 71 leitos, pois há três andares disponíveis no novo prédio, inaugurado em fevereiro.

    Com isso não há necessidade de construir um Hospital de Campanha, pois já existe estrutura física, no prédio que tem 11 andares. Faltam os equipamentos. A Associação Comercial de Industrial de Chapecó está fazendo uma campanha para arrecadar recursos e comprar mais respiradores que possam equipar mais leitos de UTI.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas