nsc
dc

Pandemia

Chapecó pede análise do Estado sobre fechamento de rodovias e aeroporto para conter avanço da Covid-19

Ideia do município é montar uma barreira sanitária para impedir o acesso de pessoas vindas de regiões com alto contágio

02/03/2021 - 06h00

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Aeroporto de Chapecó
Restrição em estudo poderia afetar o aeroporto de Chapecó
(Foto: )

A prefeitura de Chapecó estuda a possibilidade de montar uma barreira sanitária com restrições em rodovias que dão acesso ao município e também no aeroporto local. A ideia é evitar a chegada de pessoas vindas de regiões com alto grau de contaminação pelo coronavírus, o que poderia piorar a situação de colapso que já ocorre no Oeste catarinense nas últimas semanas.

> Chapecó anuncia mais leitos de UTI, respiradores e espaço para "tratamento precoce" contra Covid-19

A ideia surgiu em um memorando da Vigilância Sanitária de Chapecó, que sugere a adoção de "restrição excepcional e temporária, por rodovias e nosso aeroporto, de locomoção interestadual e intermunicipal". O documento foi encaminhado à prefeitura, que repassou a demanda à Secretaria de Estado da Saúde, que precisa orientar ações deste tipo.

Em ofício enviado na sexta-feira (26) à noite, a prefeitura pede recomendações técnicas sobre a sugestão. Citando a Lei Federal com as medidas possíveis para enfrentamento à pandemia, o município detalha que precisa de uma análise da Diretoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) para seguir com o plano.

Em nota enviada à reportagem, a prefeitura de Chapecó confirmou que solicitou um parecer estadual, motivado pelo alto nível de contágio e a lotação dos leitos hospitalares no momento. Agora, o município aguarda um retorno dos órgãos técnicos do Estado para avaliar a necessidade.

A assessoria de imprensa da Dive informou nesta segunda-feira à tarde que ainda não tinha recebido o ofício da prefeitura de Chapecó. Não há um prazo determinado para a análise do pedido.

Leia também

Secretários Estaduais de Saúde pedem fechamento de praias, escolas e toque de recolher no Brasil

Pacientes de Santa Catarina com Covid-19 serão transferidos para o Espírito Santo

Após semana com mais óbitos na pandemia, SC confirma mais 80 nesta segunda

Colunistas