publicidade

Exportação

Chineses farão vistoria virtual em quatro frigoríficos no Brasil

Fiscais federais farão imagens e enviarão via aplicativo chinês para a Ásia

17/07/2019 - 20h34 - Atualizada em: 17/07/2019 - 20h45

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
SC aumentou em 50% as exportações de suínos para a China
Chineses vão acompanhar abate no Brasil via aplicativo
(Foto: )

Em vez de mandar uma missão para o Brasil, a China vai utilizar um aplicativo de troca de mensagens para vistoriar frigoríficos de aves e suínos do Brasil. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura, serão vistoriadas quatro unidades a partir das 7h desta sexta-feira (18), uma escolhida pelos chineses e outras três indicadas pelo Ministério, que não divulgou de onde são essas unidades.

As imagens serão feitas por auditores fiscais federais agropecuários, com câmeras instaladas nas linhas de inspeção, e enviadas para os chineses via aplicativo.

De acordo com a ministra Teresa Cristina a ação mostra a boa vontade dos chineses em relação ao Brasil. Ela afirmou que o país tem condições de aumentar bastante os embarques de cortes de frango. Mas as vendas de suínos dependem de um excedente de produção, pois a China já vem comprando muito.

No primeiro semestre Santa Catarina exportou 74,3 mil toneladas de carne suína para a China, com receitas de US$ 156 milhões, num incremento de 50% em relação ao mesmo período de 2018. A demanda chinesa aumentou devido a focos de peste suína, que dizimaram parte do plantel do país asiático.

Deixe seu comentário:

publicidade