O Planalto Norte de Santa Catarina tem cidades debaixo d’água nesta quinta-feira (12), ainda sob fortes chuvas, e centenas de desabrigados. Em Mafra, o segundo município mais populoso da região, o Rio Negro segue em estado de enchente, já acima dos 10,5 metros, e inunda diversas casas.

Clique para receber notícias do Norte catarinense no WhatsApp

O nível normal de operação do rio na cidade vai de 1,6 a 2 metros. A partir dos 7 metros, o leito de água começa a atingir as primeiras residências. A Defesa Civil local tem feito a retirada de moradores de áreas alagadas. Já são mais de 550 desalojados em Mafra, entre os quais 202 estão em abrigos municipais.

Há ainda 15 pontos de alagamentos na cidade, situação que já vinha dos dias anteriores e se agravou agora com a retomada das fortes chuvas neste início de feriado prolongado.

Na mesma região, o município de Canoinhas é outro que tem casas inundadas pela água das chuvas. O rio que dá nome à cidade subiu quase 7 metros em uma semana, tendo atingido 8,2 metros agora.

Continua depois da publicidade

A prefeitura local já contabiliza 57 famílias desalojadas, em especial da região central e do bairro Campo da Água Verde. Ao menos 30 pessoas estão em um abrigo municipal. Quem não precisou sair de casa lida, ainda assim, com racionamento de água, já que a alta turbidez do Rio Canoinhas compromete o abastecimento no município desde quarta (11), conforme foi informado pela Casan.

Canoinhas está em situação de emergência desde o início de setembro, por conta de estragos causados por temporais anteriores. Na semana passada, a cidade foi alvo de uma tempestade com granizo com pedras de gelo do tamanho de ovos de galinha.

Na maior cidade do Planalto Norte, São Bento do Sul, a Defesa Civil local monitora o nível crítico para alagamentos na Vila Schwarz, em Serra Alta, e no bairro Rio Vermelho Povoado.

Na vizinha Rio Negrinho, o leito d’água que leva o nome da cidade tem situação de atenção por já ter atingido 3,16 metros. Um abrigo municipal acolhe até aqui 28 pessoas devido a inundações. Além disso, há 11 ruas total ou parcialmente interditadas por conta de alagamentos.

Continua depois da publicidade

Os estragos causados pelas chuvas no Planalto Norte de SC

Leia mais

Joinville entra em alerta laranja pela chuva e tem risco de alagamentos e deslizamentos

Quais são as rodovias estaduais e federais interditadas durante o feriado em SC

Chuva intensa retorna a SC com alerta máximo para inundações

Destaques do NSC Total