nsc
    dc

    Telonas

    Cinema do CIC terá sessões gratuitas de Coringa, Parasita e Bacurau

    Exibições acontecem entre os dias 13 e 15 de janeiro

    08/01/2020 - 17h00 - Atualizada em: 08/01/2020 - 17h02

    Compartilhe

    Por Janaína Laurindo
    (Foto: )

    De 13 a 15 de janeiro o Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, exibe os premiados filmes Coringa, Bacurau e Parasita. As exibições fazem parte do projeto sessão Cinemática que é fruto de parceria com o MIS/SC desde 2017 e que oferece, todos os meses, filmes com temáticas urgentes, com atividades paralelas como conversas, oficinas, palestras, e desenvolve e produz mostras e festivais, de forma colaborativa e com caráter educacional, sem fins lucrativos.

    No retorno das atividades, as sessões de janeiro trazem os três filmes distintos, com pontos em comum: a desigualdade social e política que gera, a partir dos indivíduos retratados, neuroses sintomáticas do nosso tempo. A programação é organizada pelo cineasta catarinense Pedro MC, em parceria com a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC).

    As sessões começam às 19h, com apresentação de textos reflexivos sobre cada filme, escritos por convidados especiais, entre pesquisadores de cinema, roteiristas e cineastas. A projeção começa pontualmente às 20h, com entrada gratuita, e lotação máxima de 136 cadeiras, por ordem de chegada. Haverá distribuição de senhas uma hora antes das sessões.

    Dia 13: Parasita

    (Foto: )

    Vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes de 2019.

    Todos os quatro membros da família Ki-taek estão desempregados, porém uma obra do acaso faz com que o filho adolescente comece a dar aulas privadas de inglês à rica família Park. Fascinados com o estilo de vida luxuoso, os quatro bolam um plano para se infiltrar nos afazeres da casa burguesa. É o início de uma série de acontecimentos incontroláveis dos quais ninguém sairá ileso. (Distribuição Pandora Filmes & Alpha Filmes)

    Dir. Joon Ho Bong — Coréia do Sul, 2019 — Classificação: 16 anos

    Dia 14: Bacurau

    (Foto: )

    Prix du Jury do Festival de Cannes 2019.

    Pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade pela primeira vez. Quando carros se tornam vítimas de tiros e cadáveres começam a aparecer, Teresa (Bárbara Colen), Domingas (Sônia Braga), Acácio (Thomas Aquino), Plínio (Wilson Rabelo), Lunga (Silvero Pereira) e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa. (Distribuição Vitrine Filmes).

    Dir. Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho — Brasil, 2019 — Classificação: 16 anos

    Dia 15: Joker (Coringa)

    (Foto: )

    Leão de Ouro Festival de Veneza 2019.

    Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) trabalha como palhaço para uma agência de talentos e, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. Após ser demitido, Fleck reage mal à gozação de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante.

    Dir. Todd Phillips — Estados Unidos, 2019 — Classificação: 18 anos

    Leia também: "Coringa" se torna o primeiro filme para maiores a ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas