nsc
    santa

    VALE DO ITAJAÍ

    Cobra é encontrada entre garrafas de água durante manifestação em Itajaí

    Animal foi capturado pelos bombeiros e devolvido à natureza

    18/02/2021 - 17h33

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    Cobra tinha 60 centímetros
    Cobra tinha 60 centímetros
    (Foto: )

    Durante um protesto diante do Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, manifestantes tomaram um susto ao notar uma cobra no fardo de garrafas de água que eles haviam levado. Os bombeiros militares foram acionados e o animal foi capturado e solto em um local de mata.

    > Receba todas as notícias de Blumenau e região no seu WhatsApp. Clique aqui.

    O episódio aconteceu por volta das 19h45min desta quarta-feira (17), no bairro Canhanduba, em Itajaí. Familiares de detentos faziam uma série de reivindicações, como melhores condições de higiene aos presos, quando perceberam a serpente de 60 centímetros entre as garrafas.

    A espécie não foi identificada, mas ela foi capturada e depois solta em um local seguro. Não foi possível afirmar se ela já estava no fardo desde a compra ou se entrou durante o protesto na Rua João Thomaz Pinto.

    Bombeiros capturaram serpente
    Bombeiros capturaram serpente
    (Foto: )

    9 cobras comuns no Vale do Itajaí

    A Bióloga e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade da Furb, Camilla Spengler Waltrick, explica quais são as principais espécies encontradas na região do Vale do Itajaí, no entanto, nenhuma delas é exclusiva deste local. Ela explica ainda que a Jararaca, por exemplo, pode ser encontrada até na Bahia. Veja a lista:

    Jararaca

    Jararacuçu

    Coral-verdadeira

    Dormideira

    Coral-falsa

    Cobra d'água

    Cobras-cipó

    Caninana

    Jararaca-falsa

    O que fazer quando ver uma cobra

    O corpo de bombeiros alerta para o cuidado que as pessoas precisam ter ao ver um destes bichos na casa ou até mesmo na rua.

    Não entrar em pânico;

    Manter distância de segurança para não ser picado;

    Acionar o corpo de bombeiros pelo telefone 193;

    Fotografar a cobra para que os bombeiros possam identificar a espécie;

    Não entrar em confronto.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas