nsc

publicidade

Futebol

Com gol de Jonathan, Avaí vence o Athletico e encerra o turno com duas vitórias

Leão venceu por 1 a 0 fora de casa e chegou a 13 pontos na competição

15/09/2019 - 13h07 - Atualizada em: 15/09/2019 - 18h41

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Garoto Jonathan, de 20 anos, fez o primeiro gol como profissional e garantiu a vitória azurra na Arena da Baixada
Garoto Jonathan (D), de 20 anos, fez o primeiro gol como profissional e garantiu a vitória azurra na Arena da Baixada
(Foto: )

Com emoção até o fim, o Avaí venceu o finalista da Copa do Brasil, Athletico-PR, por 1 a 0, e respira com novo ânimo na luta contra o rebaixamento. A vitória foi construída com gol de Jonathan, logo aos 13 minutos do primeiro tempo. Foi o primeiro gol do atacante como jogador profissional vestindo a camisa do Avaí e a segunda vitória do Leão da Ilha no Brasileirão.

O Furacão jogou com time reserva na partida que marcou o fechamento do primeiro turno do Brasileirão, poupando os titulares para o segundo jogo da final da Copa do Brasil contra o Inter, na próxima quarta-feira (18). Mesmo em casa, o adversário teve bastante dificuldades e o Avaí segurou a vitória sob a pressão da torcida paranaense na Arena da Baixada. Com o resultado, o Leão continua na lanterna da competição, mas chega a 13 pontos.

O Leão abriu vantagem no marcador com um golaço. Foi o chute de Jonathan que balançou a rede, aos 13 minutos de partida.A bola chegou nos pés do atacante pela meia-direita, ele viu espaço e arriscou de longe, sem dar chance para o goleiro Léo.

Após o gol, o Athletico passou a arriscar mais, forçando Vladimir a fazer algumas boas defesas. Uma após chute de Erick pelo lado direito e outra num cabeceio à queima-roupa de Madson. Marcelo Cirino ainda fecharia o primeiro tempo com uma bola na trave.

Na etapa complementar, o nível do Athletico caiu, dando mais equilíbrio à partida. Tiago Nunes tirou Braian e Everton Felipe, colocando atacantes descansados para buscar a virada. Pedrinho e Tomás Andrade arriscaram nos minutos finais, mas a melhor chance do segundo tempo foi criada por Betão, veterano zagueiro do Avaí. Ele arriscou um chute após o escanteio e quase ampliou o placar.

VAR nos acréscimos

O árbitro Felipe Fernandes de Lima (MG) assinalou pênalti para o Athletico aos 47 minutos, num lance que ele deu mão do colombiano Mosquera. No entanto, o juiz revisou o lance no VAR e viu o erro, desmarcando a penalidade.

Situação do Avaí

Com os três pontos o Leão se aproxima da Chapecoense, que tem 14 e é a 19ª colocada, e do CSA, que tem 15 e ocupa o 18 lugar - mas ainda joga na rodada. O Leão da Ilha também diminuiu para cinco pontos a distância para o Cruzeiro, que no sábado perdeu para o Palmeiras e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 18 pontos.

Próximo jogo

Na próxima rodada, a primeira do returno, o Avaí encara o Atlético-MG, na segunda-feira da próxima semana (23), às 20h, na Ressacada. A vitória, combinada com derrota da Chapecoense ou do CSA, pode tirar o time do Avaí da lanterna. Já o Athletico-PR visita o Vasco da Gama, no próximo domingo, às 16h, no Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário:

publicidade