nsc
    dc

    Alexandre Souza

    Como a cultura colaborativa transforma a tecnologia 

    Fruto de um trabalho em equipe, o Startup SC impactou 7.500 pessoas em 2019    

    30/01/2020 - 05h30

    Compartilhe

    Por Tech SC
    Como a cultura colaborativa transforma a tecnologia
    Como a cultura colaborativa transforma a tecnologia
    (Foto: )
    tech
    (Foto: )

    Há seis anos trabalhando com empreendimentos inovadores por toda Santa Catarina, o projeto Startup SC busca o fortalecimento do empreendedorismo em tecnologia, assim como a união do setor. Em 2019, impactamos 7.500 pessoas e Santa Catarina foi eleita como melhor comunidade de startups do país no Startup Awards, onde o estado também foi considerada local do melhor hub de inovação e da melhor aceleradora do Brasil.

    E isso tudo não foi fruto do trabalho de uma só pessoa.

    O fato de termos programas de incentivo ao empreendedorismo e de capacitação, como o Startup SC, ou de incubação, como o Miditec, da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) em conjunto com o Sebrae/SC, mostra como o ecossistema de tecnologia vem impactando as startups com sua estrutura fundamentada em um mindset colaborativo.

    Segundo o sociólogo e pesquisador Pierre Lévy, os seres humanos, com todas as suas individualidades e inteligências, tem a capacidade de se juntar em benefício de objetivos maiores. Para Lévy, como é impossível que uma pessoa tenha todas as habilidades, o ideal é que haja a união dos conhecimentos.

    Para criarmos um ambiente inovador, umas das estratégias mais utilizadas entre os negócios nos últimos anos é a adaptação de seus costumes à uma cultura colaborativa, em que todos os profissionais estão alinhados e em sintonia, colaborando com ideias, opiniões e atitudes que contribuam para seu propósito.

    Assim, a cultura colaborativa, se bem administrada, pode resultar em diversos ganhos, desde um espaço cada vez mais harmônico, sincronizado e eficiente até a geração de um maior lucro para a economia. É um princípio que possibilita

    a reciclagem de métodos através da união dos conhecimentos da equipe, que valoriza os colaboradores, colocando-os em uma posição de participantes das transformações no negócio, e permite a identificação de novos talentos e potenciais líderes. Por exemplo, com o aumento do engajamento das pessoas por meio dessa prática, todo o time passa a atuar em conjunto, ajudando na produtividade e trazendo ideias fora do comum.

    O poder de conexão da rede que temos no estado permite que startups tenham acesso a empreendedores de diferentes experiências, que já passaram pelos mesmos desafios que novas empresas estão enfrentando, podendo trocar ideias e desenvolver novos negócios a partir disso, que é o que temos de mais poderoso atualmente.

    É muito gratificante observar o caminho que percorremos em conjunto e poder realizar ações ainda maiores este ano, podendo impactar ainda mais startups e empreendedores e promover novas ideias que possam ajudar tanto a população catarinense como país como um todo.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas