Jaraguá do Sul, cidade do Norte catarinense, se tornou líder da balança comercial catarinense. O fato se deu após o município atingir recordes de exportações em julho de 2022, com US$ 97 milhões de dólares exportados — o que gerou um saldo positivo de mais de US$ 35 milhões.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Como funciona esquema de coach dono de clínicas de luxo em Balneário Camboriú e Joinville

O estudo foi feito pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação da prefeitura e considerou os dados do Observatório da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre 10 cidades com maior Produto Interno Bruto (PIB), Jaraguá do Sul foi a que mais contribui positivamente.

Entre 10 cidades de SC com maior PIB, Jaraguá foi destaque (Foto: Divulgação)

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Thiago Sarmanho, isso mostra que a economia de Jaraguá do Sul é muito forte e diferenciada. Ele pontua que a matriz da economia da cidade é a indústria da base tecnológica, formada majoritariamente por motores e transformadores elétricos.

Continua depois da publicidade

— Isto é: importamos matéria-prima e exportamos produtos de alto valor agregado, fazendo de nosso município um verdadeiro motor na economia catarinense. Neste ano, no mesmo período [do ano passado], registrou um volume menor de exportações, US$ 79 milhões. No entanto, registramos melhor desempenho no saldo na balança comercial, de US$ 36 milhões positivos. Esse é o melhor índice desse ano — destaca Sarmanho.

Veja fotos de Jaraguá do Sul

Saldo negativo em SC, mas positivo em Jaraguá do Sul

O secretário ainda faz um contraponto com o próprio desenvolvimento do Estado para ilustrar a importância jaraguaense na Balança Comercial catarinense. Ele cita que, em 2022, Santa Catarina registrou um volume total de exportações de US$ 11,97 bilhões e US$ 28,99 bilhões em importações, o que deixou um saldo negativo de US$ 17,02 bilhões. 

Em contrapartida, no mesmo período, Jaraguá do Sul somou US$ 1,03 bilhão em exportações contra US$ 616,29 milhões, com saldo positivo de US$ 410 milhões. Neste ano, de janeiro a julho, o Estado somou US$ 6,84 bilhões em exportações e US$ 16,21 bilhões em importações, um saldo negativo de US$ 9,38 bilhões.

Continua depois da publicidade

— Já nosso município obteve, no mesmo período, um saldo positivo de US$ 166,54 milhões resultado da soma de exportações de US$ 495,66 milhões com os US$ 329,13 milhões em importações. Ao que tudo indica uma tendência que deve seguir até o fechamento deste ano — finaliza.

Leia também

Preguiça de ir ao mercado faz joinvilense montar negócio de vendas online com amigos

Como vai funcionar aplicativo de transporte exclusivo para mulheres em Joinville

Quem é o coach dono de clínicas de luxo em Balneário Camboriú e Joinville preso em operação

Destaques do NSC Total