Vamos entender, juntos, quais são os principais passos de uma degustação de vinho? O mundo do vinho é um universo de sabores, aromas e histórias que aguardam para serem explorados. Se você deseja se aventurar nessa jornada sensorial e aprender a apreciar vinhos, este conteúdo foi feito especialmente para você!

Continua depois da publicidade

Receba as notícias e os conteúdos do Nosso Vinho no WhatsApp

Saiba tudo sobre vinhos na página especial Nosso Vinho

Ao longo deste guia completo, conduziremos você pelos passos essenciais de uma degustação de vinho, para ajudar a deixar a sua experiência de degustação da bebida ainda mais incrível.

Quais são as etapas de degustação?

A degustação dos vinhos demanda de um contato próximo e um olhar apurado sobre a bebida. Ao conhecer sobre as etapas da degustação, torna-se possível apreciar melhor as características do vinho.

Continua depois da publicidade

Basicamente, existem 3 etapas de degustação dos vinhos: a visual, a olfativa e a gustativa. Vamos destacar sobre essas questões com mais detalhes logo abaixo.

Visual

A questão visual ajuda bastante a percebermos o vinho antes mesmo de sentir o aroma da bebida. Nesse momento, é fundamental verificar se a taça está limpa e se há boa iluminação. Esteja atento também às cores e matizes do vinho, identificando a tonalidade.

Olfativa

Nesse momento identifica-se os aromas do vinho. Para sentir as notas aromáticas, coloque o nariz próximo da região central da taça e aspire devagar para identificar as características do vinho.

Nessa etapa, torna-se possível identificar aromas adocicados, frutados, de especiarias, entre outros tipos de aromas.

Continua depois da publicidade

Gustativa

Trata-se de uma das etapas mais importantes no momento da degustação dos vinhos. A etapa gustativa consiste no momento em que provamos a bebida de fato. Nesse momento, o degustador utiliza o paladar para identificar os sabores do vinho, incluindo níveis de doçura, acidez, amargor etc. 

Além disso, torna-se possível identificar novas características, como corpo (leve ou encorpado), persistência, taninos etc. Por meio dessas etapas, fica mais fácil identificar a qualidade, as propriedades e as características da bebida.

Leia também

Dicas de harmonização de vinhos tintos

Qual a diferença entre vinho reserva e reservado?

Destaques do NSC Total