nsc

publicidade

Desenvolvimento

Como elaborar um treinamento eficiente para os colaboradores?

Confira as visões de Edcleia de Souza e Joyce Baena

30/07/2015 - 14h41 - Atualizada em: 30/07/2015 - 15h03

Compartilhe

Por Redação NSC

Edcleia de Souza,

Psicóloga da Meta Recursos Humanos

O setor de recursos humanos dentro das empresas, além de ser o facilitador para a contratação de novos colaboradores, também é responsável por desenvolver os funcionários a aprender as reais necessidades da organização onde estão inseridos.

É de mínima valia o processo de recrutamento e seleção ter várias etapas, ser criterioso e elaborado se após a contratação o profissional não perceber o seu real valor para a instituição e para a sua equipe.

Também se torna inválido qualquer processo de contratação se o novo profissional apenas repetir os padrões errôneos que outros funcionários já reproduzem. As empresas precisam que os líderes, além de possuir habilidades técnicas, tenham a habilidade para descobrir e extrair o melhor dos profissionais.

O melhor treinamento que o RH pode proporcionar aos funcionários, de um modo geral, além de técnicas para sua área de trabalho e especializações, é conseguir fazer com que todos aprendam que são peças fundamentais para a empresa.

Independente da atividade que o profissional exerça, ele precisa sentir-se importante e valorizado. E não somente financeiramente, mas que a empresa o identifica como uma pessoa que pode trazer contribuições.

Sem o comprometimento dos funcionários, a empresa não conseguirá atingir o objetivo tão sonhado por seus fundadores, o colaborador consequentemente, não se sentirá responsável por nada além do que as atribuições que lhe foram passadas inicialmente, não se abrindo para atuar com alto desempenho, explorando ao máximo seu potencial.

Um bom profissional entende que é preciso discernimento para reconhecer uma ideia, coragem para assumi-la, responsabilidade para divulga-la e, principalmente, sabedoria para aprender com ela.

LEIA TAMBÉM

>> Como os líderes devem agir para ter sucesso com suas equipes

>> O que leva as empresas a investirem no e-commerce

>> Como gerenciar melhor o seu dia a dia

>> Como definir estratégias de vendas para as empresas

>> A governança corporativa como ferramenta em meio à crise

>> Franquia ou negócio próprio: prós e contras dos dois modelos

* * *

Joyce Baena,

Sócia e fundadora da La Gracia, consultoria de comunicação corporativa

Oferecer oportunidades de capacitação para os colaboradores não é só estratégico para uma empresa, que se fortalece na busca por seus objetivos, é também um recurso poderoso e cada vez mais necessário para reter talentos.

Porém, com a agilidade com que o mercado vem sofrendo mudanças e a necessidade de produzir resultados rapidamente, "acertar na mão" não é tão simples assim.

Treinamentos mal avaliados, falta de engajamento e baixa procura são alguns dos problemas enfrentados pelos recrutadores.

De que forma, então, elaborar um treinamento eficiente? O desafio já começa na escolha do tema. Antes de qualquer decisão, é necessário levantar informações e dividi-las com o fornecedor que vai oferecer o treinamento: perfis e necessidades dos colaboradores, bem como suas expectativas.

Esse levantamento pode ser feito por meio de uma pesquisa geral ou até mesmo conversas individuais dos gestores com seus colaboradores. Nesse último caso, não só para entender o que eles esperam, mas também para deixar claro o que a empresa espera deles.

Quando um colaborador entende claramente suas deficiências e o que precisa ser melhorado, além de conseguir perceber que a organização está investindo em sua melhoria, o engajamento é consequência.

Elaborar um treinamento eficiente demanda também atenção a algumas particularidades da educação para adultos, como conteúdo conciso, com o objetivo claro a ser cumprido; exercícios que tragam a realidade dos participantes para dentro da sala; e interatividade, pois muitos adultos gostam de se sentir parte do processo e expor o seu ponto de vista.

Deixe seu comentário:

publicidade