nsc
an

Cidade da dança

Como foi a noite de abertura do Festival de Dança de Joinville

A Corpo de Dança do Amazonas é uma das maiores companhias do país

07/10/2021 - 12h24 - Atualizada em: 07/10/2021 - 18h17

Compartilhe

Isadora
Por Isadora Nolf
Companhia Corpo de Dança do Amazonas
Companhia Corpo de Dança do Amazonas durante a apresentação de TA - Sobre Ser Grande
(Foto: )

A 38º edição do Festival de Dança de Joinville teve seu pontapé inicial na última quarta-feira (6), na Noite de Abertura, com coreografia da companhia Corpo de Dança do Amazonas. Apesar do festival ter começado na terça-feira (5), esta foi a primeira apresentação do evento.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

A apresentação "TA - Sobre Ser Grande" durou aproximadamente 80 minutos e trouxe um pouco da cultura Tikuna, um povo que habita o Brasil, o Peru e a Colômbia. "TA" é a expressão Tikuna para grandeza, além de prestar homenagem à morada do povo. O show foi transmitido ao vivo do Teatro Cau Hansen, às 20h.

Mário Nascimento, diretor da companhia, conta que criou a coreografia pensando na cultura amazonense e buscando abordar a importância da preservação ambiental. Para fazer uma boa primeira impressão do vestival, ele trabalhou com um show de luzes e cores vibrantes, presentes na natureza do Amazonas.

Fundada em 1998, a Corpo de Dança do Amazonas já uma das maiores do país e, para a abertura do Festival de Dança de Joinville, contou com uma equipe de 21 bailarinos. Confira trechos da apresentação:

Leia mais:

Hotéis de Joinville esperam retomada para o setor com volta do Festival de Dança

Joinville faz pedido ao Estado sobre máscaras nas apresentações do Festival de Dança

Colunistas