nsc
hora_de_sc

Pandemia

Como recuperar o paladar depois da Covid-19; Confira dicas

Confira dicas práticas para voltar a sentir os sabores

22/07/2021 - 07h06

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Chamada de hiposmia, a diminuição para sentir sabores é comum entre pessoas com infecções respiratórias.
Chamada de hiposmia, a diminuição para sentir sabores é comum entre pessoas com infecções respiratórias.
(Foto: )

Entre os sintomas mais comuns dos casos leves de Covid-19 está a perda do paladar. Chamada de hiposmia, a diminuição para sentir sabores é comum entre pessoas com infecções respiratórias.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Contudo, de acordo com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico-Facial (ABORL – CCF), recuperar o paladar após a Covid-19 é muito mais lento e, em alguns casos, pode não ocorrer.

A perda do paladar é um sintoma comum

O paladar é um dos sentidos mais importantes do corpo humano, que permite o reconhecimento dos sabores, além de sentir a textura dos alimentos. O principal órgão deste sentido é a língua. Por meio dela, o indivíduo é capaz de diferenciar entre os gostos doce, salgado, amargo, azedo e umami. 

Um estudo divulgado no início do ano apontou que 86% das pessoas que contraíram a Covid-19 de forma leve, ou seja, em que não houve evidência de pneumonia viral, perda de oxigênio e na qual o paciente pôde se recuperar em casa, apresentaram a perda do paladar. 

Especialistas afirmam que a falta de paladar ocorre devido ao processo inflamatório que o Novo Coronavírus causa em boca, garganta e nariz. A inflamação causa perda das células olfativas localizadas no teto nasal, local em que estão as terminações nervosas do olfato.

Ao invadir os nervos olfativos responsáveis por levar a sensação do cheiro para o cérebro, o vírus afeta não só o olfato, mas também o paladar. Esse processo inflamatório pode ocorrer em qualquer virose que cause resfriado ou gripe.

Entretanto, para casos como estes, a dificuldade em sentir gosto das coisas acontece após 3 dias de infecção, diferente dos quadros da Covid-19, em que a perda do paladar acontece como um dos primeiros sinais da doença.

> Efeitos colaterais da Pfizer; veja os sintomas mais relatados

A perda do paladar ainda não tem um motivo claro

Assim como diversas características envolvidas na Covid-19, a perda do paladar ainda não foi totalmente explicada, afinal, além de novo, esse é um dos vírus mais complexos já vistos. 

Uma pesquisa realizada pela Universidade Harvard, nos Estados Unidos, apresentou indícios de como a perda do paladar após a Covid-19 pode ocorrer. Realizada com camundongos, primatas não humanos e pessoas, o estudo indicou que a perda do paladar costuma ser resolvida após a cura da doença. Contudo, uma parte dos infectados ainda permanece por um bom período sem sentir sabores.

> Por que vacinas da Covid-19 são jogadas no lixo?

Quanto tempo dura a perda de paladar após a Covid-19

Ainda que perder o paladar após a Covid-19 possa ser um incômodo, para muito também se tornou uma dúvida, visto que ninguém sabe ao certo quando poderá voltar a sentir sabores.

No entanto, um estudo que foi publicado no Jama Network Open, trouxe esperança para as pessoas que ainda não recuperaram o paladar após a Covid-19. A pesquisa acompanhou 97 pacientes com a doença que haviam apresentado a perda do paladar por até um ano.

A cada 4 meses, todos os participantes eram solicitados para informar aos pesquisadores como se sentiam em relação ao paladar e olfato, e se havia algum sinal de recuperação. Dos 97 participantes, 51 foram submetidos a testes objetivos para avaliar a capacidade de sentir gosto e cheiro a cada intervalo de 4 meses.

Em 8 meses, a avaliação de paladar e olfato confirmou a recuperação total em 49 dos 51 pacientes, ou seja, 96,1%. Muitas destas pessoas que haviam recuperado os 2 sentidos e tiveram as funções avaliadas pelo teste objetivo, ainda continuavam a acreditar que estavam com o paladar e olfato reduzidos.

Entre os 49 que foram testados e tiveram os sentidos completamente recuperados, apenas 23 atestaram que sentiam o paladar e o olfato totalmente recuperado. De acordo com especialistas, isso destaca a importância da aplicação dos métodos para avaliação dos distúrbios palato-olfativos após a Covid-19.

> Efeitos colaterais da Janssen; veja as reações mais relatadas

Dicas para recuperar o paladar após a Covid-19

Segundo médicos especialistas, a perda do paladar após a Covid-19 costuma acontecer de forma brusca, levando a necessidade de estimular as papilas gustativas para evitar que as sequelas sejam ainda maiores.

Essas papilas possuem receptores voltados para identificar gostos básicos em suas células. Cada receptor pode receber um estímulo para diferentes sabores, fazendo com que os mecanismos gustativos possam ser despertados.

Quando acontece uma perda repentina de paladar, a regeneração dessas células receptoras pode durar até duas semanas. Nesse período, uma alimentação feita de forma variada pode contribuir para a recuperação do paladar após a Covid-19. A seguir, acompanhe algumas dicas de especialistas que podem ajudar a acelerar esse processo.

> Por dentro de um laboratório de produção de vacina

Consuma alimentos que aumentam a secreção salivar

Uma das dicas para melhorar a recuperação do paladar após a Covid-19 é consumir alimentos que ajudem a aumentar a secreção salivar. Alimentos que possam estimular os receptores gustativos por um período prolongado e estimulem o acionamento das glândulas salivares na produção de saliva.

A salivação é um fator muito importante para facilitar a deglutição, ou seja, o ato de engolir. Além disso, ajuda a diluir os aromas dos alimentos e contribui para melhorar a aceitação dos alimentos. Alguns dos alimentos que podem ajudar a aumentar a secreção salivar são maçã, agrião, melancia, sucos e picolés de frutas e hortelã.

> Vacinação de adolescentes contra Covid em SC? Estado aguarda posição do Ministério da Saúde

Inclua alimentos umami na dieta

O umami é o quinto sabor básico do paladar humano. Descoberto em 1908 foi reconhecido cientificamente em 2000, quando pesquisadores constataram a existência de alguns receptores específicos para ele nas papilas gustativas. As principais substâncias do umami são o aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato. 

Ainda que o nome possa parecer diferente, incluir alimentos umami na dieta não é uma tarefa tão complicada. Essa substância oferece mais sabor para as receitas, com ingredientes que possibilitam o preparo de alimentos leves em pratos balanceados e nutritivos. Afinal, a maioria de suas opções é rica em proteínas e aminoácidos. 

Alguns dos alimentos umami que podem contribuir para recuperar o paladar após a Covid-19 são tomate, queijos, carnes como peixe e frango, cogumelos, milho, cebola, ervilha e espinafre.

> Efeitos colaterais da CoronaVac; veja as reações mais relatadas

Diversifique a alimentação

Assim como os a inclusão de alimentos umami e que contribuam para aumentar a secreção salivar, também é recomendado experimentar diferentes gostos ao longo do período em que não se sente o paladar, incluindo aqueles rejeitados pela maioria das pessoas, como os alimentos mais amargos.

A recuperação do paladar após a Covid-19 é feita de forma individual.
A recuperação do paladar após a Covid-19 é feita de forma individual.
(Foto: )

Médicos especialistas apontam que as refeições devem incluir folhas escuras, compostas por vitaminas e minerais variados que são fundamentais para auxiliar na recuperação. Além disso, é indicado misturar diferentes sabores em um mesmo prato, como saladas que contenham alimentos adocicados, pratos mais amargos e também leguminosas azedas ou ardidas. 

Entretanto, a recuperação do paladar após a Covid-19 é feita de forma individual. Ou seja, vai depender da carga viral e também dos sintomas de cada uma das pessoas que foram contaminadas. As dicas acima, são ideias de consumo com variedade de alimentos que contribuem para que a recuperação seja mais rápida, prolongando o estímulo do paladar.

> Celular e computador fazem mal para os olhos? Entenda

E o olfato?

A maioria das pessoas afetadas pela falta de paladar também apresentam dificuldades de sentir cheiros. Isso porque, a perda ou redução da capacidade olfativa e do paladar estão relacionadas. Sabe-se que as pessoas que apresentam perda do olfato e paladar acabam levando mais tempo para a recuperação. Contudo, não se sabe ao certo quais são os fatores de risco para que essa perda seja ainda mais prolongada. 

Alguns indivíduos tiveram uma recuperação do olfato relativamente rápida, dentro de poucos dias. No entanto, a maior parte das pessoas contaminadas pelo Novo Coronavírus sofrem com o problema por mais tempo. 

Além disso, ainda existem casos em que a pessoa relata a perversão do olfato e paladar. Isso é, são capazes de sentir cheiro e gosto, entretanto, diferente do usual. Alguns estudos sobre como reverter o quadro da perda de olfato ainda estão sendo desenvolvidos. 

Porém, o treinamento olfativo é uma alternativa que pode ser feita em casa, com alguns produtos comuns presentes no dia a dia de qualquer pessoa e que possam ajudar a recuperar o cheiro.

O treinamento olfatório consiste basicamente em enviar um estímulo olfativo para as células receptoras que estão no teto do nariz, de modo a estimular os neurotransmissores do nosso cérebro para que eles possam identificar o cheiro.

Por isso, uma boa opção é escolher 5 itens com aroma diferente, como café, vinagre, canela, creme de barbear mentolado, e amaciante, cheirar cada um deles por 10 segundos e dar um intervalo de 1 minuto. Após esse período, siga para o próximo item. O ideal é realizar esse exercício por, pelo menos, duas vezes ao dia.

Isso poderá ajudá-lo a estimular as terminações nervosas que estão em processo de reparação após a inflamação do vírus. Assim, além do olfato, é possível recuperar o paladar após a Covid-19. Se os sintomas continuarem após muito tempo, busque ajuda profissional com um otorrinolaringologista.

Evolução dos casos de coronavírus Brasil

Leia também

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

​Efeitos colaterais da CoronaVac; veja as reações mais relatadas​

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Caso Evandro: o que aconteceu e as teorias do crime da série na Globoplay

Colunistas