Sensíveis e sonhadores, os nativos de Peixes estão entre os mais românticos do zodíaco. “São eternos apaixonados, gostam de estar em relações em que encontram toda a magia que buscam e estão sempre prontos para fazer de tudo pela pessoa amada”, explica a astróloga Thaís Mariano. A seguir, ela explica como é a relação amorosa de Peixes com os 12 signos do zodíaco. Veja!

Continua depois da publicidade

Peixes e Áries

À primeira vista, pode haver alguma atração, já que Áries é conquistador e Peixes costuma gostar de ser conquistado. Porém, enquanto o ariano é impaciente e tem pouco tato para compreender o que pode machucar o outro, o pisciano é sensível, se magoa com facilidade e é um tanto mais lento. Mas, com empenho e dedicação, um pode aprender muito com o outro. Se superarem isso, podem ter um relacionamento bem construtivo.

Peixes e Touro

Peixes e Touro são românticos, sensíveis e sensuais. Isso pode levar a uma grande atração imediata quando se encontram. Ambos são tranquilos e pacientes, por isso a relação tende a dar certo. Porém, a dificuldade do pisciano em se comprometer e a tendência a criar grandes expectativas podem trazer desentendimentos. Se for de interesse dos dois, isso pode ser solucionado com paciência e acordos que beneficiem ambos.

Continua depois da publicidade

Peixes e Gêmeos

Dois signos mutáveis e que se adaptam facilmente às situações. Contudo, enquanto Gêmeos é muito mental, inquieto e independente, Peixes é sensível, intuitivo e romântico. Por isso, a relação entre os dois pode não fluir muito bem. O geminiano costuma estar mais na superficialidade e na busca racional dos sentimentos, enquanto o pisciano é profundo e suas emoções normalmente estão acima da razão. Podem aprender muito juntos. Porém, costumam funcionar melhor em relações de amizade.

Peixes e Câncer

Dois signos de água sensíveis e emotivos. Há grande chance de se atraírem pelas características que têm em comum. Porém, será necessário que pelo menos um dos dois consiga desenvolver mais praticidade. Caso isso não aconteça, a tendência é que criem muitos sonhos sem que consigam concretizá-los, ocasionando frustrações que podem abalar a qualidade desta relação.

Peixes e Leão

Dois signos de características bem distintas e que raramente se sentem atraídos um pelo outro. O fogo de Leão pode facilmente ser apagado pela água de Peixes. Se conseguirem encontrar um caminho em comum, poderão aprender bastante. No entanto, para que isso aconteça, será necessário ter muita conversa e compreensão. O leonino ensinará sobre a importância da singularidade, e o pisciano sobre compaixão e empatia.

Continua depois da publicidade

Peixes e Virgem

São signos opostos complementares, ou seja, têm muito o que aprender um com o outro. Pode ser uma união muito positiva, mas nem sempre se atrairão logo de início, justamente pelas claras divergências. Enquanto Peixes vive no mundo de fantasias, Virgem está sempre pronto para deixar tudo mais realista, prático e funcional. Com isso, o pisciano pode trazer mais leveza ao virginiano, enquanto este traz mais organização e concretização aos sonhos de Peixes.

Peixes e Libra

Essa é uma combinação interessante. Os dois valorizam a beleza, as artes e buscam a harmonia. Porém, Libra é mais mental e ponderado, enquanto Peixes é puro sentimento. Além disso, ambos tendem a hesitar em suas ações por não terem certeza do que querem, o que pode gerar alguns conflitos. Possuem tendência a criar muitas expectativas sobre as relações e acabam se frustrando quando a realidade aparece.

Peixes e Escorpião

São dois signos de água e, nesse sentido, são sensíveis e emotivos. Pode haver grande conexão e magnetismo entre os dois. Escorpião pode facilmente se encantar pela natureza romântica e enigmática de Peixes, e o pisciano pode se render ao mistério e à intensidade de Escorpião. O desafio será lidar com tanta sensibilidade sem se magoarem. Afinal, mesmo com os aspectos em comum, pode haver divergência entre a obstinação escorpiana e a falta de comprometimento pisciana.

Continua depois da publicidade

Peixes e Sagitário

No começo, pode ser uma bela combinação. Haverá muito otimismo, busca por espiritualidade e por conhecer e desvendar os mistérios além da vida. Sagitário é aventureiro, e Peixes é sonhador. Isso pode levá-los a boas parcerias e entendimento, porém, com o tempo, a necessidade pisciana de envolvimento entrará em conflito com o desejo de liberdade de Sagitário. É uma combinação que tende a fluir bem quando voltada a práticas espirituais e viagens.

Peixes e Capricórnio

São signos de naturezas muito distintas, mas que se complementam. Capricórnio é a incorporação da realidade, enquanto Peixes é a pura transcendência da matéria. Apesar das divergências, podem crescer juntos. Peixes pode aprender sobre a importância da constância para a realização de algo, enquanto Capricórnio pode aprender sobre a fé, a empatia e a sensibilidade.

Peixes e Aquário

Pode surgir grande atração de início, por compartilharem de uma visão humanitária em comum. Contudo, Aquário tem uma natureza mais racional e fria, o que pode incomodar Peixes, que é romântico e apaixonado. Além disso, toda a sensibilidade pisciana pode causar grandes desconfortos ao aquariano. Conseguem fluir melhor quando a relação é de amizade.

Continua depois da publicidade

Peixes e Peixes

Aqui encontramos um casal que pode viver em um mundo paralelo dentro de seus próprios sonhos e fantasias. A tendência é que se entendam bem e que se unam de uma forma que será difícil saber quem é quem. Isso pode levar a uma falta de realismo e de praticidade, o que pode trazer frustrações, aborrecimentos e desgastar a relação. O casal pode funcionar bem se pelo menos um dos dois conseguir desenvolver um senso mais prático da realidade.

Por astróloga Thaís Mariano

Leia também

Veja como cada signo se comporta no amor

Descubra o destino brasileiro ideal para cada signo

Mitos e verdades sobre as características dos signos

Destaques do NSC Total