nsc
dc

publicidade

Obras

Confira as 63 cidades de SC que terão direito a financiamento milionário do governo federal

Programa Avançar Cidades autoriza financiamentos com bancos para obras de melhoria no trânsito de cidades pequenas

20/11/2019 - 16h35 - Atualizada em: 20/11/2019 - 21h16

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Brusque foi a cidade com o maior valor autorizado: R$ 30 milhões. Valor já começou a ser utilizado nas obras da Margem Esquerda da Avenida Beira-Rio
Brusque foi a cidade com o maior valor autorizado: R$ 30 milhões. Valor já começou a ser utilizado nas obras da Margem Esquerda da Avenida Beira-Rio
(Foto: )

O Ministério do Desenvolvimento Regional aprovou nesta terça-feira (19) a quarta etapa do ano de financiamentos através do programa Avançar Cidades, que visa obras de mobilidade e melhorias no trânsito de cidades com menos de 250 mil habitantes no país. A lista contempla 14 cidades brasileiras e, em Santa Catarina, autoriza o município de Nova Trento a contratar um financiamento de R$ 1 milhão com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) para obras de pavimentação na cidade.

Com a nova portaria, Santa Catarina já soma em 2019 cerca de R$ 348 milhões autorizados para financiamentos através do programa do governo federal. Ao todo, 63 cidades receberam as aprovações para contratos milionários com o BRDE e com a Caixa Econômica Federal. Todos os recursos são direcionados para obras de mobilidade e melhoria viária.

Os números mostram que Santa Catarina é o Estado do Brasil que mais recebeu autorizações nesta primeira fase do programa. Foram 83 contratos assinados (algumas cidades receberam mais de um) contra 66 do Rio Grande do Sul. O maior valor foi liberado para Brusque, no Vale do Itajaí, que teve a autorização para financiar R$ 30 milhões com o BRDE para obras de pavimentação, microdrenagem, sinalização, ciclofaixas, pontes e calçadas com acessibilidade em vários bairros, além da elaboração do plano de mobilidade urbana do município.

Em nível nacional, o Avançar Cidades aprovou R$ 838,1 milhões em financiamentos para 132 cidades brasileiras — todas com menos de 250 mil habitantes. Os recursos vêm do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), conforme a regulamentação do programa feita em 2017. O prazo para que os municípios paguem os financiamentos pode chegar a 20 anos, com carência de até 48 meses para início.

Os 83 contratos autorizados para Santa Catarina foram publicados no Diário Oficial da União — o que é a última etapa legal do processo —, mas nem todos foram assinados com os bancos ainda. Conforme as regras do programa, após a seleção do Ministério os municípios têm até um ano para formalizar a contratação.

Veja a lista das cidades contempladas:

Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Araquari

Araranguá

Balneário Gaivota

Benedito Novo

Bom Jesus

Bombinhas

Braço do Norte

Brusque

Canoinhas

Capinzal

Cocal do Sul

Concórdia

Entre Rios

Ermo

Forquilhinha

Fraiburgo

Garopaba

Grão Pará

Guabiruba

Guatambu

Indaial

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Irineópolis

Itá

Itapema

Itapiranga

Itapoá

Jacinto Machado

Jaraguá do Sul

Lauro Muller

Lebon Régis

Lontras

Luiz Alves

Mafra

Major Vieira

Massaranduba

Monte Castelo

Morro da Fumaça

Morro Grande

Nova Trento

Nova Veneza

Papanduva

Passos Maia

Porto Belo

Pouso Redondo

Rio do Sul

Rio Fortuna

Rio Negrinho

Riqueza

Sangão

Santa Rosa do Sul

São João do Sul

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Ludgero

Schroeder

Siderópolis

Timbó

Três Barras

Turvo

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Política

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade