nsc
    an

    Curiosidade

    Conheça as localidades que são confundidas como bairros em Joinville

    "AN" conta um pouco mais sobre a história de lugares que não são bairros, mas são conhecidos popularmente desta forma

    12/12/2019 - 11h27 - Atualizada em: 13/12/2019 - 12h15

    Compartilhe

    Hassan
    Por Hassan Farias
    Vista aérea de Joinville
    Vista aérea de Joinville
    (Foto: )

    Joinville tem 43 bairros, mas várias outras localidades são confundidas pela população como se também fossem bairros. O equívoco acontece porque essas regiões são loteamentos antigos, dão nome à linhas do transporte coletivo ou ficaram popularmente conhecidas por essas denominações ao longo do tempo.

    Algumas "confusões" são mais comuns do que outras, como é o caso do Escolinha, Estevão de Matos, Jardim Edilene, Jativoca e Morro do Amaral. Há ainda outras situações como a Vila Paranaense, o Parque Joinville e o Canela.

    No entanto, há também confusão com a situação contrária. Alguns locais são bairros reconhecidos por lei e, por vezes, acredita-se que tratam apenas de localidades, como é o caso dos bairros Dona Francisca e Vila Cubatão, por exemplo.

    Outra situação é das zonas industriais da cidade. Elas são bairros constituídos, como o caso da Zona Industrial Norte e a Zona Industrial Tupy, ainda que sejam formadas mais por empresas do que por residências.

    Como são 43 bairros em toda a cidade, a confusão acaba sendo natural. Por isso, "AN" reuniu as principais e explicou um pouco de onde surgiu o equívoco, contando mais sobre a história de cada uma das localidades. Confira abaixo:

    Teste: você sabe dizer se esses lugares são bairros de Joinville?

    Escolinha

    O Escolinha está localizado no bairro Boehmerwald, que foi desmembrado do bairro Itaum em 1995 e até hoje tem a história confundida com a localidade situada na zona Sul de Joinville. O nome "Escolinha" surgiu por causa de uma pequena escola que foi a primeira do bairro e existe até hoje com o nome de Escola Municipal Centenário. Ela foi construída em 1951, no centenário da cidade, e foi incorporada pela Escola Municipal Orestes Guimarães, inaugurada em 1972. Por isso, até hoje o bairro Boehmerwald é confundido com a localidade do Escolinha.

    Estevão de Matos

    A confusão em relação ao Estevão de Matos surgiu porque o nome foi dado a um loteamento na região do bairro Paranaguamirim, na zona Sul da cidade. Até o final dos anos 1990 parte dessa localidade pertencia ao município vizinho de Araquari, mas uma lei permitiu a anexação a Joinville. Com isso, tornou-se comum os moradores se referirem à região como sendo o bairro Estevão de Matos. No entanto, o nome se refere apenas ao loteamento.

    Jardim Edilene

    A história do Jardim Edilene é muito parecida com a do Estevão de Matos. A confusão iniciou porque o nome faz referência ao loteamento criado no bairro Paranaguamirim. Inicialmente, ele também pertencia ao município de Araquari e foi anexado a Joinville na mesma lei que anexou parte do Estevão de Matos, em 1999. Na ocasião, os loteamentos Ana Júlia, Gabriela, Itaupú e Maria Francisca também passaram a ser joinvilenses.

    Vista da região do Morro do Amaral
    Vista da região do Morro do Amaral
    (Foto: )

    Morro do Amaral

    A localidade do Morro do Amaral está localizada fora do perímetro urbano de Joinville, mas é considerada como sendo parte do bairro Paranaguamirim, na zona Sul. Originalmente, a região era uma ilha e foi ligada ao continente há poucos anos, quando foi construída a ponte sobre o rio do Riacho.

    A localidade antes se chamava Riacho Saguaçu. O nome "Morro do Amaral" surgiu a partir de 1935 porque as terras pertenciam, em sua maioria, à família Amaral. Os moradores viviam da pesca e da coleta de folhas do mangue, das quais era extraída uma resina, posteriormente vendida para fábricas e indústrias da cidade.

    Hoje, o Morro do Amaral é considerado uma área de preservação natural, abrigando ainda quatro sambaquis. O Parque Municipal da Ilha do Morro do Amaral foi criado em 1989. São 2,7 quilômetros quadrados de área localizados às margens da Baía da Babitonga, na saída da Lagoa do Saguaçu.

    Jativoca

    O Jativoca é um caso ainda mais antigo. A localidade fica no bairro Nova Brasília, na zona Oeste de Joinville. Há mais de 60 anos existe uma estrada na região denominada inicialmente de Guiger Nova, em homenagem a um personagem ligado à Colônia Dona Francisca.

    No entanto, na década de 1950, a rua passou a se chamar Jativoca, uma espécie de bambu utilizado na raspagem da mandioca durante a produção de farinha. Com isso, também surgiu a confusão em se referir à localidade do Jativoca como bairro.

    Segundo o periódico "Joinville - Bairro a Bairro", publicado pela Prefeitura, no início do povoamento da região do Jativoca, os moradores se queixavam da falta de um comércio na localidade, já que os empórios mais próximos ficavam no bairro Anita Garibaldi, na região central.

    Com isso, os moradores eram obrigados a manter uma agricultura de subsistência e criação de animais para suprir as necessidades. Eles andavam à pé e de carroça, que era o meio de transporte mais comum na região naquela época.

    Outras localidades confundidas como bairros

    Há ainda outros exemplos de confusão entre localidades e bairros ao longos das últimas décadas em Joinville. Entre eles, estão os loteamentos Canela (Pirabeiraba), Jardim Kelly (Jardim Sofia) e Parque Joinville (Aventureiro). Por se tratarem de loteamentos, os moradores foram se confundindo em relação ao status da localidade, referindo-se a eles como bairros. No entanto, nenhum deles foi denominado desta forma oficialmente até hoje.

    Outro exemplo é a Vila Paranaense, localizada na região próxima do mangue no bairro Comasa, na zona Leste da cidade. Ela não é considerada um bairro, mas é muito conhecida entre as pessoas que nasceram no Estado vizinho. A grande ocupação da área aconteceu entre os anos 70 e 80, quando não havia luz, água encanada ou esgoto. Ao longo do tempo, houve a legalização das famílias que moravam na região.

    Mapa dos bairros de Joinville

    Mapa dos bairros de Joinville
    Mapa dos bairros de Joinville
    (Foto: )

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas