nsc

Reportagem Especial

Contorno Viário da Grande Florianópolis sofre uma década de atraso

Rodovia de 51 quilômetros para retirar 22 mil veículos pesados por dia da BR-101 tem conclusão prevista para 2022, 10 anos depois do prometido inicialmente

02/08/2019 - 10h10 - Atualizada em: 02/08/2019 - 16h03

Compartilhe

Por Mateus Boaventura
Foto aérea da construção do Contorno Viário Grande Florianópolis
Em Biguaçu, no trecho norte do contorno, obras estão em andamento
(Foto: )

Contorno Viário da Grande Florianópolis. Uma rodovia para desviar o tráfego de longa distância da Região Metropolitana, que promete retirar 22 mil veículos pesados por dia da BR-101 entre Biguaçu e Palhoça, reduzindo os congestionamentos.

A principal obra de infraestrutura viária de Santa Catarina, uma das maiores do país, é extremamente complexa. São 51 km de pista dupla, 14 passagens superiores e seis inferiores, sete pontes duplas, seis trevos e quatro túneis duplos. Bilhões de reais em investimento e um atraso na entrega que, atualmente, seria de uma década.

Quando a sociedade catarinense terá enfim este marco no estímulo ao desenvolvimento?

Ouvimos representantes ligados aos setores da indústria e do transporte para entender o cenário, hoje, sem a obra.

E a concessionária, responsável pela execução, garante o prazo atual de entrega para dezembro de 2022?

Ouça a primeira parte da reportagem especial da CBN Diário:

Com edição de áudio de Cláudio Marrone.

Mapa do Contorno Viário
Mapa do Contorno Viário, com os locais dos túneis duplos que encareceram ainda mais a obra
(Foto: )

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Economia

Colunistas