O acostamento da BR-101, entre Itapema e Itajaí, vai virar terceira faixa entre os dias 15 e 17 de dezembro. A medida será um teste para avaliar o impacto no trânsito. Se houver redução nos congestionamentos, a alteração pode ser implantada durante toda a temporada de verão, quando o fluxo de veículos na principal rodovia do Litoral Norte do Estado vira um caos.

Receba notícias de Itajaí e região por WhatsApp

O teste da terceira faixa vai valer das 14h às 22h, em dois trechos para quem trafega sentido a Joinville: do Km 152 ao Km 143 e do Km 139,6 ao Km 114, segundo informações da Arteris. Ao todo, são 34,6 quilômetros de pista extra para o fluxo de veículos. A concessionária informou que a medida atende a um pedido da Associação dos Municípios da Foz do Itajaí (Amfri).

Segundo a Amfri, a proposta é que o acostamento vire terceira faixa entre Balneário Piçarras e Porto Belo, nos dois sentidos, do fim de dezembro ao fim de março. Seria um incremento de 60 quilômetros com terceira faixa tanto no sentido Sul quanto para quem segue para o Norte. Seria necessário, porém, fazer a sinalização do trecho e aplicar uma nova camada asfáltica, o que deve custar cerca de R$ 12 milhões.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) participam do debate sobre a medida. Quem vai bancar o custo milionário para implantação da medida será decidido após o período de teste. “Arteris Litoral Sul segue na busca por soluções criativas que tornem a experiência dos usuários da BR-101 mais confortável e segura”, disse a empresa em nota.

Continua depois da publicidade

Leia mais

Como vai ficar a Praia Central de Balneário Camboriú com mais uma megaobra milionária

Pedágio ambiental de Bombinhas volta a ser cobrado; veja preços e praias Bandeira Azul

Destaques do NSC Total