A primeira edição da Copa Criciúma sub-17 foi além do futebol. Com oito equipes, incluindo o Criciúma, anfitrião, o evento impulsionou a economia local e levou o nome do município para outras regiões do país e também na América do Sul. Em média, cada delegação trouxe ao Sul do estado cerca de 30 pessoas, incluindo atletas, profissionais da educação física, saúde e comunicação. Todos ficaram hospedados no Centro de Criciúma, com trânsito diário no município e também em Cocal do Sul – a cidade recebeu sete jogos no estádio municipal.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Houve também movimentação importante de observadores e empresários que atuam na área esportiva, além de profissionais da imprensa.

– O torneio trouxe muita gente, até mesmo além das delegações, com familiares e agentes. Nós tivemos quase 500 pessoas ocupando leitos de hotel da cidade, movimentando a economia e mostrando nossa região para o resto do país – afirma Joster José Favero, presidente da Fundação Municipal de Turismo de Criciúma.

Gre-Nal quente termina com vitória tricolor na Copa Criciúma Sub-17

Continua depois da publicidade

As partidas foram disputadas no CT Antenor Angeloni e no estádio Heriberto Hülse e também no estádio municipal de Cocal do Sul, a cerca de 10 quilômetros do Centro de Criciúma. No pequeno município, com cerca de 16 mil moradores, o torneio mobilizou a população nos dias de disputas dos jogos.

– A presença do público e o engajamento das pessoas superou nossa expectativa. Tudo isso alavancou vendas no comércio e também a movimentação nos restaurantes da região – explica o prefeito de Cocal do Sul, Fernando De Faveri.

Copa Criciúma sub-17: onde assistir ao vivo, tabela de jogos e regulamento

A primeira edição do torneio foi promovida pelo Criciúma em parceria com a empresa Cactos. Carlos Alberto Barata, diretor da marca, destacou o potencial da cidade para eventos esportivos e a importância de valorizar a marca do clube em nível internacional.

– O torneio projeta novamente nossa região, evidencia o nível e a importância do trabalho executado no clube e potencializa o protagonismo da marca Criciúma E.C. no futebol da América do Sul. Ao recepcionar os setes clubes dessa importância, as delegações e toda a movimentação do futebol, nossa região se capacita e se credencia, cada vez mais, a participar do cenário esportivo e de grandes eventos nacionais – avalia Barata.

Continua depois da publicidade

Competição para uns, turismo para outros

A cerca de 800 quilômetros da capital paulista, uma torcida criativa e mobilizada para incentivar o São Paulo. Durante o torneio, a equipe juvenil do Tricolor contou com o apoio de pais que viajaram para acompanhar de perto.

– Nós nos conhecemos no clube, estamos há bastante tempo no São Paulo. Normalmente, quando possível, a gente acompanha para dar força aos meninos. Fomos super bem recebidos aqui, pessoal gente boa. Não conhecia a região e estamos adorando – conta Elen Bosshardt, mãe do lateral Nicolas.

copa-criciuma-sub-17-foto2
Pais de jogadores do São Paulo aproveitam para torcer pelos filhos e fazer turismo pelo Sul de SC (Foto: Heitor Machado)

O grupo aproveitou o torneio para conhecer o Sul de Santa Catarina. Quando não há jogos, eles passeiam pela cidade e os pontos turísticos da região. Todos ficaram hospedados no Centro de Criciúma, no mesmo hotel da delegação do São Paulo. Catarinense de Timbó, no Vale do Itajaí, o zagueiro Henrique também recebeu o carinho dos pais. O jovem deixou o Brusque há pouco mais de um ano para defender o time do Morumbi.

– É muito importante esse apoio. São meninos, ainda na pré-adolescência, então é fundamental a presença, também para a formação do caráter. Sempre que possível a gente procura acompanhar. E ainda aproveitamos para conhecer a região. Estamos adorando – conta o pai do garoto, Cláudio Bell.

Continua depois da publicidade

Leia também

Manezinha é destaque no cenário mundial do Beach Tennis

Pia convoca a Seleção feminina para a Copa do Mundo; veja lista

Santa Catarina será palco de prova internacional de ciclismo inédita neste ano

Destaques do NSC Total