nsc
santa

Meio ambiente

Copos de plástico da Oktoberfest vão virar móveis para escolas de Blumenau

Iniciativa com o apoio da NSC Comunicação vai transformar plástico em itens como em bancos, mesas e banquetas, e vai premiar foliões que ajudarem na coleta dos copos

10/10/2019 - 19h06 - Atualizada em: 11/10/2019 - 11h13

Compartilhe

Nathan
Por Nathan Neumann
Descarte correto aos copos de plástico na Oktoberfest 2019 em Blumenau
Descarte correto aos copos de plástico na Oktoberfest 2019 em Blumenau
(Foto: )

Os foliões que curtirem a 36ª edição da Oktoberfest vão poder ajudar a rede municipal de ensino de Blumenau com alguns pulos e consciência ambiental, e dar o descarte correto aos copos de plástico. É quase impossível andar pelo Parque Vila Germânica e não perceber a lixeira verde gigante, com seis metros de altura, na entrada do Setor 1.

Quem passa fica até meio intrigado com os pula-pulas de cada lado da lixeira posicionados na frente de um buraco mais no alto, longe do alcance do esticar das mãos. Tudo fica muito mais claro depois de uma breve explicação no estande igualmente verde ao lado.

Uma maneira divertida e bem-humorada de apresentar um projeto consciente e sustentável. O local serve para o descarte correto dos copos de plástico, que são valorizados e protegidos dos esbarrões quando estão cheios, mas que logo depois de vazios, se tornam um objeto que ocupa as mãos.

A iniciativa tem apoio da NSC Comunicação e foi motivada pelo número expressivo de copos que são consumidos durante a festa. São cerca de 2 milhões de unidades que são descartadas, sem finalidade de transformação produtiva.

Pensando nisso, a iniciativa premia com um copo exclusivo de acrílico quem conseguir juntar 50 copos, levar até o estande e pular para jogar os copos na lixeira gigante, com a consciência e as mãos mais leves.

— Além da conscientização sobre o descarte correto do lixo plástico produzido durante a Oktoberfest, nossa intenção é chamar a atenção para a causa, despertar a curiosidade e levar as pessoas a participar e multiplicar boas ações — destaca Patrícia Rodrigues, gerente comercial da NSC em Blumenau.

O presidente do Samae de Blumenau, André Espezim, argumenta que a intenção é mostrar às pessoas que um problema, como o lixo, pode se transformar em uma solução que impacta de outra maneira na vida das pessoas.

— Cabe ao poder público liderar esse tipo de ação, mudar o comportamento e conscientizar as pessoas de que o lixo pode e deve ser reaproveitado — conta Espezim.

A empresa que fará a conversão do material reciclado recolhido na festa é a blumenauense Carbo Brasil, em parceira com o Samae de Blumenau. O sócio-proprietário da empresa, Ricardo Silveira Lavina, explica que as peças são feitas com um mistura do plástico dos copos e resíduos de tecidos.

A estimativa da Carbo Brasil é de transformar 135,6 mil copos para o projeto em parceria com a rede municipal de ensino, transformando-os em bancos, mesas e banquetas para serem usados nas unidades escolares de Blumenau.

— Acho maravilhoso participar dessa festa e poder ajudar. Ainda mais de uma forma tão bacana como essa ação, trazendo responsabilidade e sustentabilidade para essa festa tão querida por todos — afirma Lavina.

O Instituto Gigantes da Ecologia (IGE) conta com um estande em frente à lixeira e fornece informações de sustentabilidade aos visitantes. É no estande que é feita a troca dos copos plásticos pelo copo de acrílico. A ação recorrente do IGE está sendo reforçada pela NSC.

Leia também

Oktoberfest 2019: programação, ingressos e tudo mais que você precisa saber sobre a festa

Veja a estrutura da Oktoberfest e receba dicas para curtir a festa com mais segurança e conforto

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas