nsc
    an

    Caso de polícia

    Coronavírus: Casal de catarinenses com sintomas da doença foge do isolamento em hospital do RS

    Eles foram detidos pela Polícia Rodoviária Federal enquanto tentavam pegar carona na BR-285

    18/03/2020 - 13h34 - Atualizada em: 19/03/2020 - 09h42

    Compartilhe

    Cláudia
    Por Cláudia Morriesen
    foto mostra agentes de costas
    (Foto: )

    Dois moradores de Jaraguá do Sul com suspeita de coronavírus fugiram de um hospital em São Borja, no Rio Grande do Sul na noite de terça-feira (17). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Rio Grande do Sul, eles estavam em observação porque apresentaram sintomas da doença, como febre e problemas respiratórios.

    Leia também: Catarinenses que deixaram hospital no RS alegam atendimento inadequado

    De acordo com matéria publicada pela Gaúcha ZH, a Prefeitura de São Borja informou o homem de 41 anos é caminhoneiro e havia viajado com a companheira, uma mulher de 39 anos, para o Chile, na fronteira com a Argentina.

    Ao retornarem, ele estacionaram o caminhão no lado argentino e esperava a liberação dos documentos para atravessar a fronteira quando começaram a sentir febre e problemas respiratórios.

    Conteúdo gratuito: confira todas as notícias sobre o novo coronavírus

    Eles foram examinados pela equipe de médicos e enfermeiros do local e encaminhados por ambulância até o Hospital Ivan Goulart, em São Borja. Foram medicados, fizeram exames e foram colocados em isolamento. No entanto, por volta das 19 horas, os médicos perceberam que o casal havia fugido antes de passar por novo atendimento e receber o resultado dos testes.

    Agentes da PRF iniciaram as buscas ao caminhão, passando inclusive pela Argentina. O casal teria saído por uma porta lateral do hospital e ido de táxi até um posto de combustível. De lá, tentavam pegar carona para chegarem até o caminhão, na fronteira com a Argentina. No final da noite, encontraram o caminhão e o casal em um posto de combustível na BR-285.

    Ambos admitiram a fuga. Eles foram imediatamente reconduzidos ao hospital pelo SAMU com apoio dos policiais. O casal responderá pelo crime de infringir determinação do poder público para impedir propagação de doença contagiosa.

    No momento, eles estão sob custódia de uma equipe da Guarda Municipal. O objetivo é que os dois sejam transferidos em uma ambulância para Jaraguá do Sul. A Prefeitura de Jaraguá do Sul informou que ainda não recebeu nenhuma notificação.

    Veja o que pode ou não funcionar em SC com o decreto de emergência:

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas