nsc
dc

Covid-19

Coronavírus é dez vezes mais letal que H1N1, diz OMS

Informação foi dada pelo diretor-geral da OMS,  em entrevista coletiva virtual feita de Genebra

13/04/2020 - 12h35 - Atualizada em: 13/04/2020 - 12h50

Compartilhe

Por AFP
 Bombeiro belga empurra um paciente em uma maca, suspeita de estar infectada com COVID-19
Bombeiro belga empurra um paciente em uma maca, suspeita de estar infectada com COVID-19
(Foto: )

O novo coronavírus é dez vezes mais letal do que o vírus responsável pela gripe A (H1N1), surgido no final de março de 2009 no México - disseram autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS), pedindo uma suspensão "lenta" do confinamento.

> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

"Os dados coletados em vários países nos dão uma imagem mais clara desse vírus, de seu comportamento, da maneira de contê-lo. Sabemos que a COVID-19 se espalha rapidamente e sabemos que é letal: dez vezes mais do que o vírus responsável pela pandemia de gripe de 2009", declarou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva virtual feita de Genebra.

Vacina

Ainda nesta segunda-feira, a Organização Mundial de Saúde (OMS) estimou que é necessária uma vacina "segura e eficaz" para interromper totalmente a propagação da COVID-19, que já deixou quase 115 mil mortos no mundo.

"A era da globalização significa que o risco de que se reintroduza e ressurja a COVID-19 pode continuar. Ao final, a produção e a distribuição de uma vacina segura e eficaz serão necessárias para interromper totalmente a propagação", ressaltou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Leia mais

Em 30 dias, coronavírus contaminou mais pessoas em SC do que o H1N1 em dois anos

Chega a quase 115 mil número de mortos por coronavírus no mundo

Colunistas