nsc
dc

Pandemia

Coronavírus em Florianópolis: homem deixa hospital com aplausos após 30 dias em UTI

Paciente ficou um mês na UTI e recebeu até parabéns para comemorar aniversário durante internação

19/04/2020 - 08h30 - Atualizada em: 19/04/2020 - 10h40

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Adalberto e a equipe do hospital onde ficou internado por Covid-19
Adalberto e a equipe do hospital onde ficou internado por Covid-19
(Foto: )

Sair do hospital em que ficou internado mais de 30 dias por conta do novo coronavírus, incluindo um mês de entubação na Unidade Intensiva de Tratamento, foi o melhor presente de 40 anos que Adalberto Leal Soares, morador de Florianópolis, poderia ganhar neste sábado (18).

Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

Quando fez aniversário, no domingo de Páscoa (12), ele ainda estava na UTI. A data, porém, não passou em branco. Ao deixar o Baía Sul, Adalberto recebeu uma surpresa animada da equipe que cuidou dele, com direito a balões, luzes, música, aplausos e o tradicional "parabéns pra você" (assista ao vídeo abaixo).

— É uma doença terrível, que te deixa mais debilitado que uma pneumonia, pelo menos para mim foi assim. Qualquer sintoma de gripe tem que cuidar, porque quanto antes descobre, mais fácil de tratar. Esse vírus é 'punk' — resume o recuperado pausadamente, revelando na maneira lenta de falar o cansaço que ainda persiste.

O paulista que vive na região Norte da Ilha desde novembro do ano passado viaja semanalmente a São Paulo para cuidar da fábrica que administra. Ele suspeita ter se infectado em uma dessas idas, no começo de março. Logo que chegou, sentiu sintomas leves gripais, como febre baixa, e procurou um médico. Mesmo assim, não deixou de ir ao Sudeste. Lá, buscou um hospital também. Recebeu alguns remédios, mas nada adiantou. Os sintomas foram piorando rapidamente.

Debilitado e já com falta de ar, Adalberto chegou ao Baía Sul no dia 14 de março. Horas depois de fazer alguns exames, foi para a UTI, saindo após um mês, no último dia 15. A expectativa era passar pelo menos mais três semanas no quarto, mas a recuperação foi tão boa que o empresário foi para a casa neste sábado.

Depois do coronavírus

— Em três dias ele tirou tudo (sondas). Quando saiu da UTI ele não andava, não comia, não falava, nada. Ele acabou de chegar do hospital e já anda sozinho. É incrível, foi um milagre de Deus, surreal —comemora a esposa Julie Nascimento.

Veja também: Mapa do vírus em Santa Catarina

Adalberto acredita que não ter se cuidado desde o início influenciou na piora do quadro de saúde. Agora, com os pulmões 100% recuperados, terá de fazer sessões de fonoaudiologia e fisioterapia, já que está com a fala e coordenação motora comprometidas. No momento precisa tomar apenas dois remédios simples.

Em um mês ele espera ter a vida antiga de volta. Adalberto não pertence ao grupo de risco da Covid-19, já que não possui nenhuma outra doença. Julie também foi diagnosticada enquanto o marido estava entubado, mas conta que sentiu os sintomas leves durante quatro dias. Ela se tratou em casa.

Assista ao vídeo

Colunistas