nsc

Saúde

Coronavírus em Florianópolis: tripulantes de cruzeiro devem procurar a Vigilância Epidemiológica

Foram identificados 23 moradores da Capital no navio Costa Fascinosa com sintomas de gripe

19/03/2020 - 20h30 - Atualizada em: 20/03/2020 - 15h12

Compartilhe

Jorge
Por Jorge Jr.

CORREÇÃO: Entre as 21h30min de quinta-feira e às 11h50min desta sexta este site informou de forma errada o nome do navio com os tripulantes. O correto é Costa Fascinosa.

Um surto de síndrome gripal tem sido investigado pela Prefeitura de Florianópolis no combate ao coronavírus. Foram identificados 23 moradores da Capital entre os tripulantes a bordo do navio Costa Fascinosa, que desembarcou no porto de Santos no dia 14 de março. A orientação é para que eles procurem a Vigilância Epidemiológica, que busca ter contato com essas pessoas.

Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

O cruzeiro ocorreu entre os dias 8 a 14 de março e passou por Porto de Santos, Búzios, Salvador Ilha Bela e retornou para Santos. A investigação é de surto para qualquer vírus respiratório.

> Coronavírus: prefeitura de Florianópolis proíbe ida à praia

Os pacientes não necessariamente infectados pelo novo coronavírus, influenza, vírus sincicial, entre outros, também são investigados. A Vigilância Epidemiológica espera contato dos tripulantes para fazer a testagem para as doenças.

> Coronavírus: mesmo com quarentena, praias ficam lotadas em Florianópolis

Considerando-se a atual pandemia de Coronavírus e a impossibilidade de identificar o agente causador dos sintomas até o resultado laboratorial, os passageiros residentes em Florianópolis devem permanecer por 14 dias em isolamento domiciliar e entrar em contato pelo telefone 3212-3907.

Sintomas:

::: Febre igual ou acima de 37,8 ºC

::: Tosse, cansaço, dificuldade para respirar, coriza, dor de garganta ou falta de ar

::: Diarréia

> Coronavírus: Governador Celso Ramos proíbe entrada de visitantes

Colunistas