nsc
an

Saúde

Coronavírus em Joinville: 11 funcionários de posto de saúde são afastados após testes positivos

Unidade de saúde continua com atendimentos normalizados

16/06/2020 - 12h15 - Atualizada em: 16/06/2020 - 12h36

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Servidores foram identificados na última semana
Servidores foram identificados na última semana
(Foto: )

Onze funcionários de uma Unidade Básica de Saúde (UBSF) de Joinville foram afastados após serem testados positivos para Covid-19. Segundo a Secretaria da Saúde do município, eles foram identificados na última semana depois que um dos servidores realizou o exame cujo resulto foi positivado. A unidade fica localizada na rua 15 de Novembro, no bairro Vila Nova, zona Oeste da cidade.  

> Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

Ainda conforme a secretaria, nenhum deles está em estado grave. Todos foram orientados a permanecer em isolamento social, a maioria por sete dias. A secretaria não divulgou a área de atuação dos servidores, ou se realizavam atendimento ao público. 

O local permanece com os atendimentos normalizados. A secretaria afirma que foi feita a limpeza do local para dar continuidade aos atendimentos. 

O secretário de Saúde de Joinville, Jean Rodrigues da Silva, pontua que há quatro unidades públicas de saúde na cidade com mais de dois servidores com diagnóstico positivo. No entanto, até o momento desta publicação, a localização das unidades não foi informada à reportagem. 

Na última segunda-feira (15), sete funcionários de duas unidades básicas de saúde também tiveram teste positivo, o que resultou na interdição das salas de vacinação das UBS do Itaum e do Guanabara durante o dia para o procedimento de limpeza.

Recentemente, 15 servidores que atuam no Centro de Vigilância em Saúde, na rua Abdon Batista, no Centro de Joinville, tiveram teste positivo para Covid-19. Da mesma forma, o local foi fechado no dia em que os testes deram positivo e reaberto no dia seguinte, após limpeza.

Na última sexta-feira (12), o Ministério da Saúde divulgou que mais de 83 mil pessoas que atuam na área da saúde já contraíram coronavírus. Os enfermeiros foram os principais profissionais desse grupo a morrer por causa da doença: 42 de 169 mortes (25%). Em seguida, os médicos registram o segundo maior número de mortes pela doença: 18 de 169 (11%). Não foi informada a profissão de 88 dos 169 mortos.

​> Receba notícias de Joinville e da região Norte de SC por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do AN

Colunistas