nsc
    dc

    Pandemia

    Coronavírus em SC: Udesc suspende aulas presenciais a partir desta terça-feira

    A partir de agora, Universidade Estadual vai estudar maneiras de realizar ensino à distância

    16/03/2020 - 17h51

    Compartilhe

    Por Márcio Serafini
    Atividades presenciais estão suspensas na Universidade estadual
    Atividades presenciais estão suspensas na Universidade estadual
    (Foto: )

    A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) decidiu suspender a partir desta terça-feira (17) as atividades acadêmicas presenciais de graduação e pós-graduação em todas as unidades de ensino em Santa Catarina, em virtude do avanço do novo coronavírus. A medida ficará em vigor por tempo indeterminado.

    A universidade também informará diariamente a comunidade acadêmica sobre novas medidas em decorrência da doença.

    Atividades em bibliotecas e academias universitárias também serão suspensas. Já os restaurantes universitários manterão o funcionamento com medidas intensivas de prevenção à doença, como reforço na higienização.

    Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

    Durante esse período, a Administração Central da Udesc coordenará com os centros de ensino e membros da Gestão 2020-2024, que assumirão em abril, um planejamento das atividades administrativas e acadêmicas para o enfrentamento da pandemia sem prejuízos a essas áreas.

    Um dos objetivos é estudar maneiras de manter as atividades da universidade de forma remota. Cada pasta fará reuniões colegiadas com direções dos centros para implantar ações em cada área. Além disso, serão estudadas medidas para contribuir com o Estado no combate à doença.

    Nesta segunda-feira (16), a Administração Central da Udesc participou de reunião com o Grupo de Ações Coordenadas (Grac), da Defesa Civil de SC, integrada por representantes de vários órgãos do governo, para avaliar a evolução dos casos do novo coronavírus no Estado.

    Servidores em risco têm condição especial de trabalho

    Em relação ao trabalho de técnicos e professores, a universidade seguirá a orientação do Decreto nº 507 de 16 de março de 2020, do Governo do Estado. Servidores públicos estaduais podem desempenhar atividades em domicílio, em regime excepcional de trabalho remoto, nos seguintes casos:

    Que apresentam doenças respiratórias crônicas;

    Que coabitam com idosos que apresentam doenças crônicas;

    Com 60 anos ou mais;

    Que viajaram ou coabitam com pessoas que estiveram em outros países nos últimos sete dias.

    Servidores em locais com transmissão ou contato com casos da doença

    Os servidores que regressaram nos últimos 14 dias, ou que venham a retornar, de locais com transmissão comunitária do coronavírus devem adotar algumas medidas, assim como aqueles que tenham contato ou convívio direto com casos suspeitos ou confirmados da doença:

    Se apresentar sintomas, devem ser afastados do trabalho por, pelo menos, 14 dias;

    Se não tiver tosse, dificuldade para respirar, febre ou algum outro sintoma, devem desempenhar as atividades em regime de trabalho remoto por sete dias.

    Bolsistas e estagiários

    As atividades desempenhadas de bolsistas e estagiários que atuam nos diversos setores da universidade devem ser avaliadas pelas chefias imediatas, com possibilidade de trabalho remoto, por exemplo.

    Na última sexta-feira, a Udesc já havia suspendido formaturas e outros eventos com aglomeração de pessoas (shows, palestras, seminários, entre outros), além de viagens internacionais.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Educação

    Colunistas