nsc

Medicina e Saúde

Coronavírus: especialista alerta para idosos com problemas cardíacos 

Sistema imunológico sofre com a ação do tempo e essa barreira natural é ainda mais exposta no coração

11/04/2020 - 10h46 - Atualizada em: 19/04/2020 - 09h18

Compartilhe

Mateus
Por Mateus Boaventura
Especialista em cardiologia e geriatria, Roberto Miranda
Especialista em cardiologia e geriatria, Roberto Miranda
(Foto: )

Os pacientes com problemas cardíacos aparecem entre os grupos de risco da Covid-19. Entre eles, também estão os idosos. Quando a patologia acomete também as pessoas acima dos 60 anos o cuidado tem que ser redobrado. Isso porque o sistema imunológico sofre com a ação do tempo e essa barreira natural é ainda mais exposta no coração.

> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

— Os portadores de doenças cardíacas, dentre outras doenças, são considerados de maior risco para desenvolver as formas graves da Covid. Essas pessoas precisam de um cuidado maior, uma prevenção mais intensa, para evitar a contaminação, porque há um risco mais elevado. O risco não necessariamente de adquirir a infecção, mas de gerar as formas graves — explicou o especialista em cardiologia e geriatria, Roberto Miranda.

O especialista também alertou para uma possível confusão com sintomas. Ele fez um paralelo entre a insuficiência cardíaca e a respiratória.

— Quando há uma descompensação do quadro cardíaco pode haver uma confusão porque parte dos problemas cardíacos descompensação provocando falta de ar e isso pode causar uma certa confusão, uma certa dificuldade diagnóstica, com a fala de ar própria causa pela Covid-19 — contou.

Ouça a entrevista com o especialista em cardiologia e geriatria, Roberto Miranda, ao programa Medicina e Saúde:

Colunistas