nsc
hora_de_sc

Covid-19

Coronavírus: Florianópolis começa a testar casos suspeitos em drive-thru nesta quarta-feira

Testes também serão feitos no Aeroporto Hercílio Luz a partir de quinta-feira (16)

14/04/2020 - 16h09

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Testes rápidos coronavírus
Testes rápidos trazem o resultado de Covid-19 em cerca de 20 minutos
(Foto: )

Florianópolis vai passar a testar um número maior de moradores com suspeita de coronavírus a partir desta quarta-feira (15). O município comprou 25 mil testes rápidos e 10 mil testes tradicionais (PCR) e implementará um modelo de testagem em drive-thru no Terminal de Integração da Trindade (Titri).

> Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

Os testes rápidos no Titri serão feitos das 9h às 16h, sempre atendendo as pessoas dentro dos carros. Serão examinas pessoas com sintomas respiratórios a partir do sétimo dia de infecção, e que tenham encaminhamento para testagem feitos pela Vigilância Epidemiológica. Inicialmente, a prefeitura diz que irá testar 400 pessoas que já estavam na fila. Serão feitos 100 exames por dia.

A prefeitura projeta aumentar exponencialmente a capacidade de testes na população para aprimorar as medidas de controle da pandemia em Florianópolis. Segundo a Secretaria de Saúde, o modelo adotado na Capital tem capacidade de testagem maior que o da Coreia do Sul - país que foi referência no combate à Covid-19.

Além do drive-thru no Titri, os testes também serão feitos nos centros de saúde e, a partir de quinta-feira (16), no Aeroporto Hercílio Luz. Os passageiros serão testados na hora do desembarque, conforme avaliação clínica no local. Somente pessoas com sintomas e recomendação médica farão o exame.

Segundo a prefeitura, os resultados dessa primeira fase de testes rápidos na população de Florianópolis vão basear as próximas ações - inclusive a avaliação da necessidade de compra de mais testes.

Os testes rápidos trazem o resultado de coronavírus em cerca de 20 minutos. Eles só podem ser feitos em pacientes que já apresentam sintomas a cerca de uma semana, pois medem os anticorpos que o organismo produz para enfrentar a infecção.

> Painel do Coronavírus: confira todos os números atualizados sobre a pandemia em SC

Colunistas