nsc
    dc

    Números atualizados

    Coronavírus já causou o cancelamento de mais de 10 mil eventos culturais em Santa Catarina

    Nova pesquisa atualiza panorama das consequências da pandemia de coronavírus no cenário cultural

    25/03/2020 - 09h39

    Compartilhe

    Marina
    Por Marina Martini Lopes
    Além de quantificar os envolvidos na pesquisa, o documento expõe a contagem por faixa etária, gênero e as linguagens artísticas com as quais os envolvidos trabalham
    Além de quantificar os envolvidos na pesquisa, o documento expõe a contagem por faixa etária, gênero e as linguagens artísticas com as quais os envolvidos trabalham
    (Foto: )

    O projeto ConectArteSC, criado na semana passada pela classe artística de Santa Catarina para pensar alternativas para os cancelamentos de eventos e diminuição da receita de músicos e outros profissionais do setor, atualizou nesta terça-feira (24) os resultados da pesquisa divulgada na semana passada: até agora, foram 1,051 respostas ao formulário, preenchidas por profissionais de diversas regiões do estado.

    Em página especial, saiba tudo sobre coronavírus

    Na primeira edição, o número de cancelamentos - mais de 3,5 mil eventos - já era impressionante; mas agora, quatro dias depois, o montante quase triplicou: 10,070 eventos já foram cancelados ou adiados em Santa Catarina por conta do coronavírus. Embora tenha sido feito ao longo de uma semana, o documento Cultura Catarinense em tempos de COVID-19 não é definitivo, e o número deve continuar a aumentar. Lembrando que a pesquisa é ampla, incluindo desde grandes shows até apresentações de pequeno porte, como as realizadas por bandas e artistas que tocam em eventos particulares.

    Além de quantificar os envolvidos na pesquisa, o documento expõe a contagem por faixa etária, gênero e as linguagens artísticas com as quais os envolvidos trabalham. São respostas de pessoas que vivem de música, teatro, circo, artes visuais, dança e cinema - artistas, técnicos de som, iluminadores, professores, diretores, fotógrafos, entre outros profissionais. No levantamento faltam ainda dados de fornecedores de produtos ou outros serviços da cadeia, como agências de comunicação, distribuidores de bebidas, transportadoras, empresas de segurança, limpeza, entre outros.

    - O levantamento foi realizado em caráter emergencial, e, em menos de uma semana, já apresentava dados extremamente expressivos - ressalta a coordenadora da pesquisa, Luanda Wilk. - Fechamos a primeira versão, divulgamos os resultados preservando dados pessoais, e a pesquisa passa agora a ser ampliada pelo Conselho Estadual de Cultura, sendo atualizada permanentemente, e servindo para a tomada de decisões em diversas áreas, todas com um mesmo objetivo: encontrar formas de manter a sobrevivência do setor cultural durante e após esse período de pandemia e quarentena.

    Com base nos números já levantados, o ConectArteSC sugere medidas para o enfrentamento da situação. Dentre as alternativas propostas estão a intervenção de políticas públicas que apoiem o setor, a abertura de editais públicos para promoção e venda de eventos online, além da transmissão online de shows, aulas e palestras.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas