nsc
hora_de_sc

SC em estado de emergência

Coronavírus: ônibus circulam em Florianópolis nesta quarta, garante prefeitura

Município anunciou manutenção do transporte coletivo 

17/03/2020 - 21h16 - Atualizada em: 18/03/2020 - 08h03

Compartilhe

Por Márcio Serafini
Ônibus em Florianópolis
Transporte coletivo circula em Florianópolis nesta quarta-feira
(Foto: )

Os ônibus do transporte coletivo municipal vão circular na manhã desta quarta-feira (18) em Florianópolis. A informação é do prefeito Gean Loureiro, em nota veiculada pela assessoria de comunicação na noite desta terça (17).

A prefeitura de São José também informou que a quarta-feira começa com a circulação normal dos ônibus na cidade.

Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

No começo da noite desta terça, o governador Carlos Moisés da Silva decretou estado de emergência em Santa Catarina, em função do registro de transmissão comunitária (dentro do Estado) do coronavírus. Entre os itens do decreto está a suspensão, por sete dias, da circulação do transporte coletivo municipal, intermunicipal e interestadual em todo Estado.

A prefeitura, no entanto, alegou que era preciso garantir o deslocamento, principalmente dos servidores de áreas essenciais como saúde, segurança e limpeza, até definir um esquema de transporte alternativo para essas pessoas.

Por isso, anunciou que os ônibus do Consórcio Fênix circulam para todos na quarta-feira e que durante a manhã será definido quando irão parar conforme prevê o decreto. A medida foi combinada com o governo do Estado, informa a prefeitura.

Confira a nota:

"Vamos manter o transporte coletivo nesta quarta-feira, 18 de março, para garantir o deslocamento dos servidores da saúde, limpeza urbana e segurança. Medida previamente combinada com o Governo do Estado.

Nas próximas horas vou me reunir com secretários para definir um transporte alternativo para esses profissionais. Não podemos deixar a saúde sem servidores!

Na manhã desta quarta, 18 de março, vamos divulgar todas as ações da cidade em relação a essas novas medidas restritivas."

Pouco depois, a prefeitura esclareceu que a garantia do transporte é para toda a população, já que o texto da nota gerou dúvidas.

Colunistas