Neste período de pandemia de coronavírus, a vacinação das crianças deve ser adiada, de acordo com a pediatra Anamar Brancher. As crianças e os idosos não devem ser levados para o pronto socorro, onde ficarão expostos a contaminação, conforme a médica.

Continua depois da publicidade

– Deve-se aguardar. Todos os dias as notícias mudam, o que era ontem não é mais hoje. Nesse momento, vacina nenhuma é mais importante do que manter a criança isolada. Amanhã, posso dizer para levar porque surgiu uma nova conduta. Mas, nesse momento, nada deve retirar a criança de casa – explicou Anamar, em entrevista ao Notícia na Manhã.

​> Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

As crianças podem ser vetores de propagação do novo vírus e, por isso, devem ficar longe dos avós, já que os idosos são grupo de risco. Para Anamar, o isolamento social desafia os adultos a manter o equilíbrio ao transitar entre entre faixas etárias diferentes dentro da família.

– Estamos tendo dificuldade em acalmar os pais, que estão no meio dos avós e das crianças – comentou a profissional da área da saúde.

Continua depois da publicidade

Anamar reforça que embora estejam com as aulas suspensas, as crianças não devem ir ao parquinho, ao jogo de futebol nem à piscina.

– O momento é de isolamento. Para manter a criança em casa, é preciso dar atividades, ajudar nas tarefas da casa, ver filme, comer pipoca. Essa tragédia do coronavírus vai nos mostrar o quanto a gente precisa ficar junto dos filhos – afirmou a médica.

Ouça a entrevista com a pediatra Anamar Brancher, com Mário Motta:

Leia também: mesmo com quarentena, praias ficam lotadas em Florianópolis

Destaques do NSC Total