nsc
    dc

    Covid-19

    Coronavírus: SC suspende cirurgias eletivas nos hospitais e proíbe visitas no sistema prisional

    Governo do Estado atualizou as medidas de proteção à pandemia em coletiva nesta terça-feira (17) de manhã. SC segue com sete casos confirmados

    17/03/2020 - 12h29

    Compartilhe

    Lucas
    Por Lucas Paraizo
    Coletiva
    Os secretários Leandro Lima (Administração Prisional e Socioeducativa), Helton de Souza Zeferino (Saúde) e Natalino Uggioni (Educação)
    (Foto: )

    O Governo de Santa Catarina atualizou as medidas de prevenção à pandemia do coronavírus. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (17) de manhã, os secretários Helton de Souza Zeferino (Saúde), Natalino Uggioni (Educação) e Leandro Lima (Administração Prisional e Socioeducativa) trouxeram novas ações que passam a ser adotadas no Estado.

    Segundo Zeferino, Santa Catarina segue com sete pacientes confirmados com a Covid-19. Todos estão com quadro clínico estável e apenas um segue internado no hospital de Içara, no Sul do Estado. Os outros estão isolados em casa.

    O secretário de Saúde destacou também que não há a necessidade de pânico da população, com filas em mercados e pessoas estocando alimentos:

    — Estamos em situação de alerta, não é uma situação de pânico. A recomendação é para que as pessoas não busquem supermercados para criar estoques de alimentos, já foi divulgado que há estoque suficiente para manter as unidades em SC. As pessoas têm que ter consciência, nós não precisamos sobrecarregar a rede de supermercados, nós não queremos que as pessoas tenham exposição a aglomerações de convívio social.

    Cirurgias adiadas e mudanças em hospitais

    Zeferino anunciou que as unidades de saúde terão, a partir desta terça, restrição de visitas especialmente para pacientes com mais de 60 anos. Os demais internados passam a ter visita de apenas uma pessoa por vez. O governo suspendeu também todos os procedimentos de cirurgias eletivas ou atendimento de consultas ambulatoriais.

    — Queremos preparar a rede hospitalar para que não tenhamos a circulação de pessoas, muitas vezes pessoas no grupo de risco, circulando pelo ambiente hospitalar. Queremos ter uma reserva de leitos para pacientes que possam precisar do atendimento por causa do coronavírus. Essas cirurgias suspensas os hospitais já vão começar a fazer o reagendamento — explicou o secretário de Saúde.

    Educação estuda adequação do calendário

    Com o anúncio da suspensão das aulas em todas as redes de ensino em Santa Catarina, o secretário Natalino Uggioni reforçou que as escolas ainda estão abertas nesta terça e quarta-feira para um período de transição. Dois dias sem prejuízo em termos de faltas ou de conteúdo pedagógico para os alunos que já tiverem condições de ficar em casa. A partir de quinta-feira as aulas devem estar totalmente suspensas, segundo o secretário.

    Uggioni apontou também que a secretaria estuda como vai adequar o calendário escolar e também ações pontuais para a questão da merenda nas escolas — que é necessária para muitas famílias.

    Mudanças nos presídios e penitenciárias

    A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa já havia suspendido as visitas íntimas nos presídios no último sábado, agora encaminhou o cancelamento total das visitas nas unidades prisionais e socioeducativas por 30 dias. O secretário Leandro Lima apontou que a medida visa a segurança não só dos detentos, mas também dos servidores e agentes de segurança que atuam nos locais.

    — Não podemos transformar uma unidade prisional em um grande vetor para essa pandemia — afirmou Lima.

    O secretário disse também que todas as medidas estão sendo passadas aos detentos com as devidas justificativas, para evitar rebeliões como a que ocorreu em São Paulo após o anúncio da suspensão das saídas temporárias.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas