nsc
    dc

    Educação

    Criciúma conquista quatro ouros em categoria nacional de olimpíada de matemática

    Em Santa Catarina foram sete medalhas 

    22/05/2019 - 10h28 - Atualizada em: 23/05/2019 - 15h35

    Compartilhe

    Lariane
    Por Lariane Cagnini
    (Foto: )

    Criciúma teve o melhor resultado entre as cidades catarinenses participantes da Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras, realizada em abril. Na categoria nacional, o Colégio Marista conquistou três ouros, e a Escola Municipal Dionízio Milioli também garantiu medalha. Além de Criciúma, escolas de Jaraguá do Sul e Pomerode estão entre as premiadas com o ouro na competição.

    Ainda em nível nacional, Santa Catarina garantiu 16 pratas e 40 bronzes. Na premiação estadual, foram 47 medalhas somente para o Sul do Estado: Criciúma com nove ouros, 19 pratas e 16 bronzes; Içara com uma prata e um bronze e Morro da Fumaça com um bronze. A etapa brasileira da olimpíada foi realizada no mês passado, e outros 19 países também participam da iniciativa.

    Além de testar as habilidades com números, a prova também analisa a capacidade do aluno resolver questões lógicas em outros idiomas. Na prova, alunos do 7º ano do Ensino Fundamental ao 3º do Ensino Médio resolveram questões de matemática com criatividade, pensamento lógico e cooperação. Para a coordenadora do Ensino Fundamental e Médio do Colégio Marista, Karin Remor, o trabalho em grupo e a criatividade são os grandes diferenciais.

    — Mais do que a capacidade de fazer cálculos, é preciso analisar e entender a questão para saber resolvê-la corretamente. Nossos alunos mostraram que têm essas habilidades e conseguem utilizá-las para trabalhar em conjunto — comenta.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Educação

    Colunistas