nsc
    dc

    Estadual

    Criciúma vence Concórdia de virada na abertura do Catarinense 2020 

    No retorno ao clube que foi formado, Carlos César marca o gol da vitória 

    22/01/2020 - 20h56 - Atualizada em: 22/01/2020 - 22h23

    Compartilhe

    João Lucas
    Por João Lucas Cardoso
    Criciúma 2 x 1 Concórdia: Jajá marca gol na vitória carvoeira pelo Catarinense 2020
    Criciúma 2 x 1 Concórdia: Jajá marca gol na vitória carvoeira pelo Catarinense 2020
    (Foto: )

    O Criciúma ganhou do Concórdia de virada, por 2 a 1. na primeira partida do Catarinense 2020. No Heriberto Hülse, na noite desta quarta-feira, o Galo do Oeste deu trabalho a um Tigre que teve dificuldade pela falta de entrosamento. No entanto, um jogador formado no Carvoeiro e que voltou ao clube neste ano, experiente, deu a vitória. Carlos César entrou para melhorar a equipe e marcar, de pênalti, o gol da vitória tricolor.

    Pela segunda rodada do Catarinense 2020, o Criciúma vai enfrentar outro egresso da segunda divisão. Às 16h de domingo, o Tigre encara o Juventus no João Marcatto, em Jaraguá do Sul. Já o Concórdia volta para o Oeste de Santa Catarina para duelo local. O Galo do Oeste enfrenta a Chapecoense às 17h de sábado.

    O jogo

    O Criciúma tentou amadurecer o gol com posse de bola e lances de bola parada. O Concórdia claramente jogava por poucas chances e com 13 minutos apareceu a primeira. O contra-ataque terminou com arremate do atacante Moisés que passou do lado do poste do goleiro Paulo Gianezini. O volante Adenílson, do Tigre, parecia não encontrar seu espaço dentro de campo.

    Foi ele quem travou outra escapada de Moisés, aos 30, e recebeu o primeiro cartão do Catarinense 2020. O próprio Moisés bateu a falta frontal com destino certeiro. Mas houve desviou na mão de um jogador da barreira do Criciúma e foi para fora. Marcos Vinícius de Oliveira Matias acatou marcação do auxiliar e assinalou pênalti.

    Sempre ele, Moisés bateu e converteu. Aos 34 minutos do primeiro tempo no Heriberto Hülse estava anotado o primeiro gol do Catarinense 2020. A resposta do Criciúma veio aos 39. Batido escanteio no primeiro pau, Adenílson cascou e Rodrigo Milanez cabeceou com força. Deu no travessão e foi embora.

    Criciúma 2 x 1 Concórdia: Carlos César sai do banco para fazer o Tigre virar o placar
    Criciúma 2 x 1 Concórdia: Carlos César sai do banco para fazer o Tigre virar o placar
    (Foto: )

    Na volta do intervalo, o Criciúma entrou com Edinan no ataque no lugar do jovem João Carlos, um dos destaques da Copinha 2020 incorporado ao elenco tricolor. O time da casa se jogou para frente mas não conseguia criar. Faltavam jogadas e armação. Restava a bola parada. O Concórdia controlava a partida, administrativa o resultado. E quase aumentou, outra vez com Moisés. Aos 17, ele achou as redes, mas estava impedido

    O lance acordou o Criciúma, que conseguiu encaixar boa jogada. Aos 19, Foguinho apareceu no lado e cruzou rasteiro. Jajá se antecipou e empatou. O técnico Roberto Cavalo colocou o lateral Carlos César no meio de campo, na vaga de Alisson Taddei, para tentar aumentar a criatividade no miolo tricolor. Deu muito certo.

    O Tigre melhorou bastante e conteve o adversário. No entanto, a falta de entrosamento não permita encaixar outra jogada. Era na bola parada, e foi com ela que nasceu a virada do Criciúma. Depois de bola levantada na área, Andrew foi derrubado por Osmar: pênalti. Carlos César botou dentro e o Carvoeiro ganhou: 2 a 1. Com a vantagem, a equipe da casa esperou o triunfo ser concretizado com o apito final.

    Criciúma 2 x 1 Concórdia

    CRICIÚMA

    Paulo Gianezini; Victor Guilherme, Rodrigo Milanez, Murilo Gomes e Bruno Oliveira; Adenílson, Foguinho e Alisson Taddei (Carlos César); João Carlos (Edinan), Jajá (Luquinha) e Andrew. Técnico: Roberto Cavalo.

    CONCÓRDIA

    Eder; Alison (Osmar), Guilherme, Gabriel Peres e Diogo Calixto; Cleison Tetê, Diego Felipe, Wesley Café (Neílson) e Jean Lucas; Léo Itaperuna (Barbosa) e Moisés. Técnico: Celso Rodrigues.

    GOLS: Jajá, aos 19 do segundo tempo, e Carlos César, aos 36 do segundo tempo (Cri). Moisés, aos 34 do primeiro tempo (Con).

    CARTÕES AMARELOS: Adenílson, Murilo e Victor Guilherme (Cri). Cleison Tetê, Osmar e Wesley Café (Con).

    ARBITRAGEM: Marcos Vinícius de Oliveira Matias, auxiliado por Johnny Barros de Oliveira e Bruno Müller.

    LOCAL: Heriberto Hülse, em Criciúma

    Mais notícias sobre o Campeonato Catarinense no NSC Total

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas