Duas criminosas foram presas nesta quarta-feira (17) por espancar uma mulher em Itapema, no Litoral Norte de Santa Catarina. Segundo a Polícia Civil, elas gravaram o ataque que só não terminou em assassinato porque uma vizinha interferiu. Quando a Polícia Militar chegou à casa no bairro Morretes, pouco antes das 20h, a vítima estava na porta suja de sangue e com ferimentos na cabeça.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Itapema e região por WhatsApp

O crime teria sido cometido pela integrante de uma facção criminosa junto com uma amiga. As informações da Polícia Militar apontam que elas bateram com corrente, pedaço de madeira e chegaram a cortar o cabelo da mulher. O delegado Bruno Effori, que registrou o flagrante, disse que as imagens feitas pela dupla mostram uma delas incentivando a outra a matar a vítima.

Uma das criminosas foi presa tentando sair da cidade e a outra estava escondida na residência de uma amiga, conforme a PM. Ambas confessaram o crime. De acordo com o investigador, a motivação seria por a vítima ter se envolvido com outro homem sem autorização da facção criminosas depois de o companheiro dela ter sido preso.

— Foram autuadas pelo crime de tentativa de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e dificultar defesa da vítima. Outras diligências serão realizadas para apurar a participação das suspeitas em uma organização criminosa — explica Effori.

Continua depois da publicidade

Leia mais

Ação truculenta de guarda em Itapema gera protesto de motoristas de aplicativo; vídeo

Jovem encontrada morta em Itapema aparece em vídeo colocando celulares em hidrante; assista

Destaques do NSC Total