nsc
hora_de_sc

Violência

Criminosos matam homem e queimam corpo em comunidade de Florianópolis

Segundo delegado, autores são membros de facção e um deles foi preso

17/03/2020 - 09h31 - Atualizada em: 17/03/2020 - 09h32

Compartilhe

Por Guilherme Simon
Comunidade do Papaquara
Policiais em rua que dá acesso à comunidade do Papaquara, no Norte da Ilha de SC
(Foto: )

Criminosos mataram um homem e queimaram o corpo dele em uma área de mata na comunidade do Papaquara, no Norte da Ilha, em Florianópolis. O caso aconteceu no sábado (14). Um suspeito foi preso após troca de tiros com a Polícia Militar.

Segundo o delegado Ênio Mattos, da Delegacia de Homicídios da Capital, o homicídio é autoria de membros de uma facção criminosa que atua na comunidade, que fica no bairro Vargem Grande. O delegado também disse que as investigações prosseguem para identificar os outros suspeitos de envolvimento no homicídio.

Até por volta das 10h desta terça-feira (17), a vítima ainda não havia sido identificada. Ainda de acordo com Ênio Mattos, o homem foi morto a tiros e depois teve 80% do corpo queimado.

A ocorrência foi atendida inicialmente pela Polícia Militar, na tarde de sábado. Policiais foram até o local após informações de que havia uma briga na comunidade, e encontraram o corpo em uma região de mata. A suspeita é que o homem tenha sido agredido antes de ser assassinado.

Troca de tiros e suspeito preso

Segundo informações da PM, ainda no local os policiais encontraram um grupo suspeito de participar do homicídio. Eram aproximadamente cinco homens. Eles estavam armados e entraram em confronto com os policiais. Houve troca de tiros. Nenhum policial se feriu.

Quatro dos criminosos conseguiram fugir para uma mata, e um deles foi baleado na perna e acabou preso. Ele é um jovem de 19 anos, que passou por cirurgia e permanecerá preso após a recuperação.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Polícia

Colunistas