nsc
dc

Pesquisa

Datafolha aponta que Moro é o ministro melhor avaliado do governo Bolsonaro 

Segundo o instituto, 53% dos entrevistados avaliam a gestão do titular do Ministério da Justiça e Segurança como ótima ou boa. Em segundo lugar aparece a ministra Damares Alves 

09/12/2019 - 14h27

Compartilhe

Por Folhapress
Datafolha aponta que Moro é o ministro melhor avaliado do governo Bolsonaro
Datafolha aponta que Moro é o ministro melhor avaliado do governo Bolsonaro
(Foto: )

O ex-juiz da Lava-Jato Sergio Moro, que hoje comanda o Ministério da Justiça, se consolidou como o ministro mais bem avaliado no primeiro ano do governo Jair Bolsonaro, com apoio popular maior do que o do próprio presidente. A afirmação é reflexo dos números da pesquisa Datafolha, feita na quinta (5) e sexta-feira (6) da última semana.

De acordo com o levantamento, divulgado no domingo (8), Moro é conhecido por 93% dos entrevistados. Entre os que dizem conhecê-lo, 53% avaliam sua gestão no ministério como ótima/boa. Outros 23% consideram regular, e 21%, ruim/péssima — outros 3% não souberam opinar.

Os indicadores de Bolsonaro são: 30% de ótimo/bom, 32% de regular e 36% de ruim/péssimo — 1% não soube avaliar.

A pesquisa ouviu 2.948 entrevistados em 176 municípios do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. As entrevistas foram feitas pessoalmente, em locais de grande circulação.

Embora o ministro da Economia, Paulo Guedes, seja o segundo mais conhecido da Esplanada dos Ministérios, a vice-liderança de aprovação ficou com a ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), com 43% de ótimo/bom. A avaliação positiva de Guedes é de 39%.

O diagnóstico do titular da Economia ficou estável mesmo após o resultado melhor que o esperado do PIB no terceiro trimestre e a promulgação da reforma da Previdência, comemorada pelo governo. Tanto Guedes como Damares apresentam resultado melhor do que Bolsonaro.

O Datafolha também captou a avaliação dos entrevistados sobre a atuação, além de Moro, Guedes e Damares, de mais quatro ministros: Abraham Weintraub (Educação), Ricardo Salles (Meio Ambiente), Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) e Ernesto Araújo (Relações Exteriores). Desses, Guedes é o mais conhecido (80%) e Weintraub, o menos (32%).

As piores avaliações estão com os ministros da Educação e do Meio Ambiente. Entre os que dizem conhecê-los, 31% e 28%, respectivamente, afirmam que a gestão deles é ruim/péssima. Desde a última pesquisa, o maior recuo de aprovação ficou com Ernesto Araújo (queda de oito pontos percentuais). A única variação positiva é de Weintraub (alta de cinco pontos).

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Política

Colunistas