nsc

De Ponto a Ponto: homem é preso com 400 quilos de maconha escondidos no quarto de casa em Penha

06/02/2019 - 05h42 - Atualizada em: 06/02/2019 - 06h38

Compartilhe

Por Redação CBN Diário

Um homem de 28 anos foi preso e cerca de 400 quilos de maconha apreendidos em Penha, no Litoral Norte de Santa Catarina. Segundo a Polícia Civil, o suspeito fornecia drogas para traficantes de menor porte da cidade. Após monitoramento, o homem foi abordado em frente da própria casa, nesta terça-feira (5). Ele confessou que armazenava maconha dentro do quarto. O fato foi constatado pelos policiais civis, que fizeram a prisão dele em flagrante e localizaram os pacotes com a droga. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de São Francisco do Sul, onde foi feito um auto de prisão por tráfico de drogas. Em seguida, ele foi encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Barra Velha.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ofereceu denúncia por homicídio doloso – quando há a intenção de matar – contra um rapaz de 23 anos, após uma briga de trânsito que resultou na morte de outro homem em Joinville. O caso ocorreu no dia 19 de janeiro. A denúncia aponta que o motociclista utilizou um capacete, além de chutes, socos e pontapés, para matar a vítima por motivo fútil e com emprego de meio cruel. Segundo o delegado responsável pelas investigações, inicialmente o inquérito policial foi instaurado por lesão corporal com resultado morte – crime intermediário entre o homicídio doloso e culposo. Porém, com a investigação, a Polícia Civil reuniu provas que comprovaram o fato como sendo um homicídio doloso. O laudo pericial demonstrou que a vítima tinha diversas lesões em várias partes do corpo. A defesa tem até a próxima sexta-feira (8) para apresentar a resposta prévia à denúncia. Segundo a advogada do suspeito, o processo ainda está sendo analisado e, os laudos técnicos, verificados para dar continuidade à abordagem do processo de defesa.

A Polícia Federal (PF) transferiu Sérgio de Arruda Quintiliano Neto, 32 anos, conhecido como “Minotauro” de Santa Catarina para uma prisão não divulgada por razões de segurança. O homem foi preso na segunda-feira (4) em Balneário Camboriú. Segundo a polícia, ele seria um dos líderes de uma organização criminosa responsável pelo tráfico de drogas vindas da Bolívia. Há mandados de prisão contra ele expedidos pela Justiça de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. No momento em que "Minotauro" foi preso, a polícia não encontrou armas nem drogas. Foram recolhidos telefones celulares, um carro de luxo e mais de US$ 100 mil em dinheiro. O advogado que representa o preso afirma que seu cliente "não pertence a organização criminosa e não comanda, nem mesmo parcialmente, o tráfico de drogas, em qualquer lugar que seja".

*Com apoio do Diário Catarinense, do jornal A Notícia, do G1 SC e da NSC TV.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas